×
365
Fashion Jobs
JD SPORT
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
M+RC NOIR
Executive Assistant
Efetivo · PORTO
M+RC NOIR
Director of Collections / Production Manager
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 24h - Colombo
Efetivo · LISBOA
ADIDAS
Specialist Gbs Procurement Operations - French Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Credit And Collections Specialist North & Nordics (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Taxes Systems (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Vasco da Gama
Temporario · Lisboa
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Viana Estação Shopping
Temporario · Viana do Castelo
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Foz Plaza
Temporario · Figueira da Foz
Por
Jornal T
Publicado em
14 de jan. de 2021
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Moda é responsável por 4% dos gases com efeito estufa

Por
Jornal T
Publicado em
14 de jan. de 2021

A produção é responsável por 70% dos gases da indústria da moda com efeito estufa na atmosfera, resultando os restantes do 30% transporte, distribuição e uso do vestuário. Em 2018, o setor moda foi responsável por 4% do total mundial de gases, com 2.106 milhões de toneladas, segundo conclui o relatório ‘Fashion on Climate’, da consultora Mckinsey.



As conclusões avançam que 38% das emissões da indústria da moda correspondem à produção de materiais, 8% à preparação de fios, 6% à preparação de tecidos, 15% ao processo de secagem e 4% aos processos de corte.

Se o setor não adotar medidas de contenção, chegará a 2030 com o dobro do máximo de emissões que foi estabelecido no Acordo de Paris e a consultora propõe três linhas de ação para levar a moda a regressar a padrões menos poluidores. A par de reduzir as emissões na área de produção, é preciso também necessário reduzir as operações das marcas e estimular os consumidores a promoverem mudanças no seu modo de comprar moda.

Produzir material descarbonizado, com melhorias na produção de poliéster, diminuir o uso de fertilizantes e inseticidas na cultura do algodão e o recurso a energias renováveis nas etapas de produção, são outras das propostas de redução, num cenário em que a Mckinsey projeta a emissão de apenas mil milhões de toneladas de gases com efeito estufa na atmosfera.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.