×
352
Fashion Jobs
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
FARFETCH
Account Manager (Italian Speaker)
Efetivo · PORTO
LION OF PORCHES
Copywriter
Efetivo · MINDELO
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ISADORA LIMARE
Communication Assistant
Estágio · LISBOA
ISADORA LIMARE
Digital Marketing Assistant
Estágio · LISBOA
ISADORA LIMARE
Community Manager
Estágio · LISBOA
ISADORA LIMARE
Sales Assistant
Estágio · LISBOA
Por
Jornal T
Publicado em
31 de mai. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Moda é um dos setores a impulsionar o comércio de rua

Por
Jornal T
Publicado em
31 de mai. de 2019

O setor da moda foi o único que em 2018 conseguiu competir com a restauração na abertura de novas lojas ao nível das grandes cidades nacionais. A conclusão é do estudo da consultora Savills Portugal que analisou a evolução do mercado retalhista nacional e o crescimento do comércio de rua na cidade de Lisboa e do Porto.



Em 2018, o índice de volume de negócios no comércio a retalho aumentou 3,9%, e desde 2013 o volume de vendas do mercado de comércio a retalho em Portugal aumentou 73%, refletindo a recuperação da confiança dos consumidores.

“O mercado de retalho voltou a ser marcado pelo dinamismo do comércio de rua, que tem registado uma evolução sólida e crescente, atraindo diariamente novos retalhistas e promovendo a abertura de novos conceitos que em muito têm contribuído para a transformação dos principais centros urbanos”, comentou Cristina Cristóvão, da Savills Portugal.

Em 2018 e em Lisboa, a zona do Chiado registou uma renda prime na ordem dos 140€/m2/mês e a zona da Baixa situou-se nos 130€/m2/mês, prevendo-se que estes valores registem uma subida em 2019, motivado pela pressão da procura e inexistência de oferta.

Cais do Sodré e toda a renovada zona ribeirinha continuam igualmente a marcar o seu perfil de comércio, afirmando-se cada vez mais como eixos de oferta de retalho consolidados, que oferecem conceitos inovadores, fortemente direcionados para o setor da restauração e para a presença de algumas marcas de moda mais alternativas.

O Porto tem também registado uma elevada procura, muito direcionada também para os setores da restauração e moda, muito impulsionados pelo aumento do turismo na cidade e por uma atividade mais dinâmica de promoção de novos projetos imobiliários que trazem mais habitantes e trabalhadores ao centro da cidade.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.