×

Moda em Milão: Bottega Veneta exalta o charme discreto da elegância

Publicado em
today 26 de set de 2016
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Bottega Veneta se destacou nos desfiles de pronto-a-vestir para a temporada primavera-verão 2017 com uma coleção magistral exaltando a essência do luxo, por definição discreta.
 
Fundada em 1966 por Michele Taddei e Renzo Zengiaro, depois adquirida em 2001 pelo grupo Gucci (Kering), a casa de moda veneziana festeja este ano seu meio século e os 15 anos de direção artística de Tomas Maier.

Bottega Veneta - Primavera-Verão 2017 - Womenswear - Milão - © PixelFormula


Para celebrar este duplo aniversário, ela orquestrou um desfile excecional na Academia das Belas Artes de Brera, unindo pela primeira vez coleções masculinas e femininas. No total, 76 manequins percorreram os imponentes corredores deste edifício do século XVIII, em meio às estátuas e obras de arte abrigadas por esta prestigiosa instituição milanesa.
 
Entre eles, a estrela hollywoodiana Lauren Hutton, muito aplaudida durante sua passagem. Vestida com um trench de seda cor de areia, ela tinha sob seu braço a mesma bolsa vermelha de couro trançado assinado pela Bottega Veneta que ela usava no filme "American Gigolo", interpretado ao lado de Richard Gere. Não faltaram ao encontro as manequins vedetas de ontem e hoje, de Eva Herzigova às irmãs Gigi e Bella Hadid.

Conhecida por seu saber-fazer artesanal no trabalho do couro, em particular por sua técnica de trançado, a Bottega Veneta não dececionou as expetativas. O criador alemão Tomas Maier se concentrou mais do que nunca nos materiais, confecionando roupas simples na aparência, mas confortáveis ao extremo.

Bottega Veneta - Primavera-Verão 2017 - Womenswear - Milão - © PixelFormula


Suéteres tricotados ultrafinos preto deixavam entrever a pele. Vestidos ardósia de linho chita e metal de uma incrível leveza ofereciam um efeito encerado e machucado lembrando os antigos papéis carbono. Conjuntos em pele de cordeiro napa com cores vivas (rosa, laranja, amarelo) acariciam a pele com sutileza. Máxi vestidos de tafetá de algodão dão um toque de agilidade.
 
As silhuetas femininas são alongadas com trenchs, assim como calças e camisas fluidas, que escorregam sobre o corpo, ao passo que as saias evasês descem elegantemente até as canelas. Por sua vez, os homens exibiram um 'look' mais descontraído, apresentando um chique natural.
 
Esta coleção, centrada no luxo essencial invisível ao olho nu, foi ovacionada pelo público, que se levantou para saudar Tomas Maier que apareceu na passarela com toda a sua equipe em um grande momento de emoção.

Copyright © 2019 AFP-Relaxnews. All rights reserved.