×
376
Fashion Jobs
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time/ Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time / Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Évora Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Évora
TIFFOSI
Store Manager/ Gerente de Loja
Efetivo · Beja
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
LEVI'S
Part-Time 20h Levi Strauss Eci
Efetivo · Vila Nova de Gaia
SALSA
Digital Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Paid Marketing, Newsletters e Redes Sociais
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Coimbra - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Nosso Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila Real
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto Centro - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
SALSA
Trade Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Wholesale & Department Store
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Algarve - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Faro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vila do Conde Fashion Outlet - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila do Conde
SALSA
Conseiller(e) de Vente 30h Aeroville
Efetivo · Paris
SALSA
Conseiller(e) de Vente 35h Aeroville
Efetivo · Paris
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de out de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Moda em segunda mão: lituano Vinted adquire concorrente holandês United Wardrobe

Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de out de 2020

Com mais de 1,3 bilhões de euros (1,5 bilhões de dólares) em vendas registadas na sua plataforma, no ano passado, e uma nova aquisição, o inovador Vinted mercado e comunidade online da Lituânia que permite que os usuários vendam, comprem e troquem roupas e acessórios em segunda mão , acredita que está a começar a assustar os retalhistas de moda, para o bem do planeta.


O grupo tornou-se o primeiro unicórnio tecnológico da Lituânia, em novembro de 2019 –um termo industrial para empresas em fase de arranque, avaliadas em mais de 845 mil milhões de euros - Vinted


O grupo, fundado na Lituânia, membro da UE e porta-estandarte da chamada "economia circular", anunciou na terça-feira (27de outubro) a nova aquisição de uma empresa concorrente holandesa, a United Wardrobe, por uma soma não revelada.

Uma vez concluída a compra, o grupo fundido diz que reunirá 34 milhões de utilizadores que compram e vendem vestuário online, desde marcas vintage a assinadas por estilistas, bem como marcas usadas de alta gama a preços de knock-down.

O CEO holandês do grupo Vinted, Thomas Plantenga, informou que a aquisição irá "ajudar-nos a acelerar mais rapidamente na Europa e penso que as pessoas que estão a tentar fazer crescer as novas vendas de moda têm medo de nós. Penso que isso é ótimo". A filosofia da empresa é que a indústria da moda, há muito criticada pelos ambientalistas, por encorajar o consumo excessivo e produzir resíduos, "precisa de mudar... precisa de ser mais circular e isso irá beneficiar a sociedade", acrescentou Plantenga à AFP.

O grupo tornou-se o primeiro unicórnio tecnológico da Lituânia, em novembro de 2019  um termo industrial para empresas em fase de arranque, avaliadas em mais de 845 mil milhões de euros. Reuniu 128 milhões de euros de investidores numa ronda de financiamento que, segundo afirmou, lhe permitiria duplicar os seus então 300 trabalhadores e financiar aquisições.

Os bloqueios deste ano relacionados com o novo coronavírus, nos principais mercados europeus, como França e Espanha, sofreram um acentuado golpe económico quando o grupo foi forçado a encerrar as suas operações.

Mas, o Vinted acredita estar bem posicionado para beneficiar de tendências a longo prazo impulsionadas por consumidores jovens, mais conscientes do ambiente, que evitam retalhistas estabelecidos e a chamada "moda rápida".

E, as difíceis condições económicas na Europa poderiam levar mais consumidores a limpar os seus roupeiros para angariar algum dinheiro  a ideia original dos fundadores Justas Janauskas e Milda Mitkute que iniciaram o site em 2008.
 

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.