×
381
Fashion Jobs

Moda sustentável aterra em Berlim

Publicado em
today 15 de jan de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A sustentabilidade está na ordem do dia, e a moda não é exceção. Atento a esta tendência crescente, o setor têxtil rumou a Berlim para mostrar à Europa que a moda portuguesa está a apostar na revolução ecológica e já tem muitas propostas “verdes” para vender.
 

Na última edição do Modtissimo, em outubro de 2018, diversas empresas nacionais mostraram as suas propostas sustentáveis no espaço Green Circle - Foto: FashionNetwork.com


Apresentado pela primeira vez no último Modtissimo, em outubro de 2018, o showcase de moda sustentável “Green Circle” rumou a Berlim para a sua primeira presença internacional. A exposição estará presente no Neonyt Trade Fair, o salão internacional integrado na Berlin Fashion Week que cruza os temas de moda, inovação e sustentabilidade, onde irá apresentar modelos desenhados por vários nomes da moda nacional e produzidos a partir de materiais sustentáveis fornecidos por empresas portuguesas.
 
Paulo Gomes, curador do espaço, explica em comunicado que o objetivo do “Green Circle” é “demonstrar que sustentabilidade é moda”. Para isso, o showcase levou até Berlim 19 coordenados assinados por criadores portugueses como Ana Salazar, Maria Gambina, Alexandra Moura e Manuel Alves. As peças que compõem os coordenados foram produzidas em colaboração com empresas têxteis portuguesas, que forneceram os materiais orgânicos ou reciclados aos designers.

Neste espaço “verde” com as cores nacionais, que é promovido em parceria pela Associação Selectiva Moda e pelo Citeve, estão representadas as empresas A. Sampaio, Burel, Filasa, Joaps, Lemar, Lipaco, LMA, Lurdes Sampaio, NGS, RDD Textiles, SMBM, Tapa Costuras, Têxteis António Falcão, Penedo, Tintex e Troficolor.  
 

Sapatos Marita Moreno, umas das marcas portuguesas presentes no Neonyt Trade Fair com as suas propostas sustentáveis - Fotografia: Divulgação


Além do “Green Circle”, Portugal está também representado no Neonyt Trade Fair por nove empresas nacionais que têm a sustentabilidade como alicerce da sua criação: Artelusa, Cleonice, Marita Moreno, Nae Vegan Shoes, Näz, Procalçado, Rutz, Steelground e Ultrashoes.
 
A acontecer igualmente de 15 a 17 de janeiro, também o salão Xoom, dedicado à moda sustentável, conta com a presença da criação portuguesa, representada pela marca de calçado Green Boots.
 
No decorrer da semana da moda berlinense, a moda nacional marca ainda presença no showcase Show & Order X Premium, onde a marca de streetwear Averse vai apresentar a sua nova coleção outono-inverno. Recorde-se que também a joalharia portuguesa viajou até Berlim para participar neste evento, numa primeira participação coletiva organizada pela AORP - Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.