ModaLisboa está à procura de Sangue Novo

A organização da semana da moda lisboeta já abriu as candidaturas para a próxima edição do Sangue Novo, o concurso destinado aos novos talentos da moda, sejam estes jovens designers que estejam a dar os primeiros passos com a sua marca, ou finalistas de cursos superiores e profissionais em Design de Moda, de escolas nacionais e internacionais. Os candidatos poderão concorrer até 5 de julho e os dez projetos selecionados serão apresentados no desfile Sangue Novo de outubro de 2019, que acontece no âmbito da próxima ModaLisboa.
 

Em comunicado, a organização do concurso explica que procura “inovação, irreverência, criatividade, novos olhares sobre a moda”, além do “talento e a singularidade das novas gerações de designers”. Miguel Flor, presidente do júri, lembra por seu lado que “o Sangue Novo vive da energia e da ambição de jovens designers com projetos onde se destaque individualidade, criatividade, originalidade, qualidade, conceptualidade e vestibilidade”.

Seguindo o formato adotado recentemente, o concurso volta a ter duas fases. Na primeira, o júri irá selecionar entre todos os candidatos dez projetos, que serão apresentados no desfile Sangue Novo de outubro. Entre estes dez, serão escolhidos os seis designers finalistas, que irão apresentar uma nova coleção no desfile Sangue Novo de março de 2020. Cada um destes seis finalistas recebe um prémio monetário de mil euros.
 
Nesta edição, o júri do concurso é constituído por Miguel Flor (presidente do júri, designer de moda e diretor criativo da revista Prinçipal), o designer de moda Felipe Oliveira Baptista (antigo diretor criativo da Lacoste) e Lidija Kolovrat (designer de moda e fundadora da marca Kolovrat).
 
Em março de 2020, este júri vai selecionar os vencedores dos prémios ModaLisboa em parceria com a Polimoda e com a Tintex. O designer vencedor do prémio ModaLisboa em parceria com a Polimoda vai ter a oportunidade de frequentar um Master in Fashion Design ou Master in Collection Design na Polimoda, além de 3500 euros. O galardoado com o prémio ModaLisboa em parceria com a Tintex Textiles recebe uma residência de três semanas na Tintex e 2000 euros.
 
Serão ainda atribuídos os prémios Fashionclash Festival, cujo vencedor irá desfilar no Festival de Moda de Maastrich, e The Feeting Room, que será atribuído em ambas as fases do concurso e cuja coleção premiada será vendida na loja The Feeting Room de Lisboa ou Porto.
 
Na sua última edição, o Sangue Novo reconheceu os trabalhos de Carolina Raquel (vencedora do Prémio ModaLisboa para Melhor Designer Nacional), Federico Protto (Prémio ModaLisboa para Melhor Designer internacional) e Archie Dickens (Prémio The Feeting Room). 

 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDesfilesCriação
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER