×
Publicado em
8 de set. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

ModaLisboa Oasis: 59.ª edição como um refúgio na travessia

Publicado em
8 de set. de 2022

A Associação ModaLisboa anuncia a sua 59.ª edição ModaLisboa OASIS, em coorganização com a Câmara Municipal de Lisboa, entre os dias 6 e 9 de outubro próximo, nem de propósito no Lisboa Social Mitra, espaço de Inovação Social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, por questões de sensibilização e no âmbito do tema.


A ModaLisboa - Lisboa Fashion Week elege a ideia de Oásis como um refúgio na travessia para a sua 59.ª edição - Associação ModaLisboa


"Esta ideia de oásis está muito longe de ser romântica. É uma tomada de posição necessária por navegarmos em ondas áridas. Mas, ao mesmo tempo, permite-nos sonhar com a grandeza do que parece pequeno, encarando humanos como sistemas abertos, maiores que a soma das partes, capazes de configurar a igualdade e a inclusão para além de compreensões utópicas", explica a associação produtora do evento em comunicado, reforçando que é "onde iremos, enquanto coletivo, atravessar o deserto", e frisando: "Só nos resta criar o impossível".

A programação será dedicada ao domínio artístico e plural da moda, abarcando exposições, performances, sessões educativas e de pensamento. No núcleo, destacar-se-ão os desfiles e apresentações, "porque os Designers de Moda são inequivocamente vetores de desenvolvimento e inovação nesta marcha do tempo", diz ainda a ModaLisboa.

Sobre o tema Oásis, a associação lisboeta assume que surgiu no âmbito de "uma visão integral da indústria criativa e esta perspetiva holística permite-nos um entendimento transcendente, perspetivando a nossa área de ação – uma comunicação fluida entre Arte, Cultura, Tecnologia, Sustentabilidade e Negócio – como ecossistema fértil, vivo, pleno", foca. 

Ainda segundo a Associação ModaLisboa: "A procura de respostas define-nos desde que nos conhecemos enquanto Humanidade. Atravessamos as portas da filosofia, das ciências concretas, da tecnologia – até na alquimia já mergulhámos de cabeça", acrescenta.

O evento tentará assim buscar respostas sobre a urgência climática, sistemas políticos falíveis à luz dos direitos humanos e Indústria de moda global que resiste à transição, informa, concluindo que "quanto mais avançamos, quanto mais perguntamos, mais encontramos a liberdade de identidade. Mas a revelação é um fenómeno faseado. E todos precisamos de um refúgio durante a travessia".
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.