Momad Metrópolis arranca em Madri como grande vitrina da moda Ibérica

Madri (Notimérica) – Momad Metrópolis, salão internacional de têxtil, calçado e acessórios, abre as suas portas esta sexta-feira até 13 de setembro. A grande vitrine multissetorial de moda da Península Ibérica e um dos mais prestigiosos da Europa contará com mais de 1.400 marcas que vão expor suas coleções primavera-verão 2016.

Edição anterior do Momad Metrópolis - Foto: DR

O encontro, organizado por IFEMA, será inaugurado pelo conselheiro Francisco Javier Garzón, conselheiro delegado da Espanha Exportação e Investimentos (ICEX).

De todas as marcas, 394 correspondem a calçado; 735 a confeção; 129 a marcas de alta gama reunidas nos Momad Showrooms; 101 a acessórios e 49 serviço ao ponto de venda. No que se refere à superfície de ocupação líquida – em total 21.000 metros quadrados –, o salão aumentou em 19,8% o espaço dedicado às assinaturas de têxtil e em 30,2% às assinaturas de calçado, a respeito da edição de setembro 2014.
 
À sua oferta integram as propostas de moda mulher, moda jovem, 'street' e urbana, moda infantil, moda banho, moda homem, calçado, acessórios em pelo e indústria dos artigos de couro, bem como marcas nacionais e internacionais de segmento alto, acessórios de Moda, jovens criadores e empresas emergentes e serviços ao ponto de venda. Esta oferta expositiva se desdobrará pelos pavilhões 2, 4, 12 e 14 de Feira de Madrid.
 
Marcas de calçado, num pavilhão próprio
 
Como novidade nesta edição de Momad Metrópolis, o pavilhão 4 estará dedicado exclusivamente a marcas de calçado, acompanhadas de bolsas e acessórios, com o fim de dotar-lhe de maior protagonismo no conjunto da feira.
 
Entre as marcas participantes de calçado nesta edição destacam-se, entre outras, Mascaró, Pura López, Pons Quintana, Lola Cruz, Martinelli, Wonders, Hispanitas, Pretty Ballerinas, Rebeca Sanver, Chie Mihara, Pertini, Sacha London, Cressy, Martinelli, Pablosky, Gioseppo, Xti, Refresh, Chik10, Mustang, Coolway, Luisetti ou Baerchi, bem como algumas marcas internacionais que se incorporam nesta edição, como Toms, Gant, Dockers by Gerly&Kangol, Nero Giardini, Birkenstock ou Lhes Tropeciennes.
 
Espaço de moda e novas tendências
 
Esta convocação de Momad Metrópolis oferece uma extensa oferta, com representação de todos os setores. Em total, 864 empresas e marcas, incluindo os Showrooms, estão presentes com suas novas coleções.

 

Entre algumas das grifes participantes figuram o grupo dinamarquês Bestseller - Solid, Jack & Jones, Only, Only&Sons, Vero Moda, Selected, Vila, Pieces e Object -, Yaya, Tonalá, Surkane, Viriato, A Cotonniere, Everis, Double Agent, O Flamengo, Sussu Tattoo, Onda de Mar, Água Bendita, Mos Mosh, Roberto Verino, Skunfunk, Solid, Petrol, Waipai, Henry Arroway, Javier Simorra, Escorpião, Mescalino, Vilagallo, Strena, Pou Nou, Derhy, Almatrichi, Ada Gatti, Tiffosi, Blend ou Brave Soul, entre outras.
 
A moda que vem
 
A próxima primavera-verão 2016 virá marcada pela utilização de tecidos naturais, fluentes e vaporosos, como o algodão, o linho e as sedas. A paleta cromática se tinge de tonalidades pastel, bem como de tons frescos e intensos, como o amarelo, morango e tangerina.
 
O tandem branco-preto continuará uma temporada mais como um básico e o estilo 'navy', habitual das temporadas estivais, se reinventa combinando-se com desenhos de impressos exóticos e florais.
 
No que respeita a calçado, o passo o marcarão os estilismos da década dos 70' e os 80' e as pontas afiadas, que continuarão ganhando terreno nas coleções. As solas track – marcadas e robustas –, os saltos em bloco, as sandálias lace-up – com cordões ou tiras que se atam nos tornozelos e pernas –, as peles metalizadas, o denim e os impressos florais e animais serão os principais aliados da próxima primavera.
 
Amplo programa de atividades paralelas
 
Momad Metrópolis celebra em paralelo à sua atividade comercial, a quinta edição do Fórum Momad Retail, a área de conhecimento e espaço para o debate da feira. Especialistas do setor do retalho e do mundo empresarial porão em comum as suas propostas e experiências.
 
Entre as atividades previstas neste espaço está a apresentação da nova campanha de etiquetado "MÑ MODAESPAÑA "Feito em Espanha" e "Desenhado em Espanha", a cargo de Ángel Asensio, presidente da Confederação Moda Espanha.
 
Junto a estas atividades, o certame acolherá a exposição "O Sapato por Natureza", composta por meia centena de peças singulares de calçado inspirado na natureza e na sua grande diversidade; cedidos pelo Museu do Calçado de Elda e que estará exposta ao público no pavilhão 4 de Feira de Madrid.
 
Desfiles, gastronomia e descanso na Summer Terrace
 
Momad Metrópolis completa a sua oferta comercial e de atividades com a Summer Terrace, um novo espaço nos exteriores do pavilhão 2, concebido como um atraente lugar de descanso e ponto de encontro para o púbico que compareça à feira, onde se desenvolverão diferentes iniciativas lúdicas impulsionadas por algumas marcas como Hugo Boss, Chk10, Gant, Skunfunk e Oral B, e amenizadas por sessões de música a cargo de um DJ.
 
Além disso, ao longo de cada jornada haverá desfiles de moda, a cargo do grupo BestSeller e os interessados em tomar um 'tentempié' ao ar livre poderão desfrutar das propostas gastronómicas de uma oferta de 'food trucks' instaladas nesta área.
 
Além disso, esta convocação de Momad Metrópolis acolherá a segunda edição de The Fashion Suitcase, realizada por Saray Ceca, que nesta ocasião ambientará as praças dos pavilhões 4-12-14 com representações de filmes relacionadas com o mundo da moda.
 
Têxtil, calçado e indústria dos artigos de couro espanhola.
 
O setor exterior continua a dar boas notícias a setores estratégicos da indústria dos bens de consumo em Espanha, como são a indústria da confeção, o calçado e a indústria dos artigos de couro, fazendo que a sua atividade se reative e comece a olhar para o futuro com otimismo.


As exportações espanholas do setor do têxtil e da confeção alcançaram durante o primeiro semestre de 2015 os 6.475 milhões de euros, o que representa um aumento do 10,2% a respeito do mesmo período do ano anterior, segundo dados apresentados por CITYC (Centro de Informação Têxtil e da Confeção).
 
Além disso, pela primeira vez em sete anos, a faturação das lojas de roupa aumentou. Segundo dados facilitados por ACOTEX, Associação de Comércio Têxtil, o setor faturou, em 2014, 16.473 milhões de euros, 3,93% mais que no ano anterior.
 
A despesa que os espanhóis destina à moda íntima também tem um efeito chamativo. Segundo CITYC, no ano passado foram investidos quase 1.000 milhões de euros (segundo preços industriais) em artigos roupa interior, e roupa de banho. Ao primeiro capítulo se destinaram 539 milhões de euros, 243 milhões a peças interiores e 195 a moda banho.
 
O calçado e a indústria dos artigos de couro espanhola atravessam o seu momento mais suave fora das suas fronteiras, com cifras recorde de exportações. Segundo a Federação de Indústrias do Calçado Espanhol (FICE), durante os 5 primeiros meses do ano, Espanha registou os melhores dados de exportação da sua história, com 72 milhões de pares de calçado vendido por valor de 1.268 milhões de euros, o que representa 5% mais em volume e 15% mais em valor.
 
Da sua parte, as exportações da indústria dos artigos de couro cresceram também durante o conjunto do ano 2014 até alcançar os 841 milhões de euros de faturação, 20,6% mais que em 2013, segundo aponta a Associação Espanhola de Fabricantes de Indústria dos artigos de couro (ASEFMA).
 
Durante a sua comemoração, Momad Metrópolis terá horário ininterrupto de 10:00 às 19:00 horas durante as duas primeiras jornadas e de 10:00 às 18:00 horas no domingo, último dia. Os Momad Showrooms terão um horário de 9:30 às 20:30 (dias 11 e 12) e de 9:30 às 17:00 (dia 13).

Copyright © 2018 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.

Moda - Pronto-a-vestirSalões de Moda
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER