×
Por
Jornal T
Publicado em
11 de set. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Musgo, um casaco português para evitar acidentes

Por
Jornal T
Publicado em
11 de set. de 2018

É isso mesmo! Um casaco concebido e fabricado em Portugal cuja missão principal – além do agasalho, claro – consiste em prevenir a sinistralidade rodoviária. O segredo está na conjugação de um casaco inteligente com a tecnologia do smartphone.


Com design, fabrico e tecnologia portugueses, promete ajudar a combater a sinistralidade dos peões nas estradas, a partir da ideia de controlar o escuro, ou seja o ambiente em que acontecem 75% dos acidentes com peões.

“O sistema de iluminação inteligente com fibras óticas que desenvolvemos aumenta a segurança dos utilizadores através da iluminação ativa e é ‘inteligente’ graças ao recurso a sensores que existem num smartphone e que ajudam, por exemplo, a sinalizar a travagem de um ciclista ou informar um trabalhador que saiu da área de segurança”, explica Filipe Magalhães, diretor científico e tecnológico da VIME, que se associa à LAPA e à têxtil SCOOP, que em conjunto desenvolvem o novo conceito.

É a partir de Cavalões, Famalicão, que a SCOOP produz vestuário técnico para ski e montanha, golfe, ténis e fitness. No currículo da empresa está o fabrico dos equipamentos para a a equipa olímpica de inverno da Rússia (e de Portugal, que também tem), o fardamento para a Federação Italiana de Ski, para a Expo 98 portuguesa ou o vestuário para a edição comemorativa dos 50 anos da Liga de Futebol Norte-Americana (NFL).

A par do design específico, o casaco tem fibras óticas que constituem o núcleo do sistema de iluminação em contextos de baixa iluminação ao ar livre. Ligado a uma app, o utilizador pode selecionar a cor, intensidade e frequência do efeito de piscar, quer manualmente quer usando os sensores existentes em qualquer smartphone.

Com a produção assegurada pela Scoop, a Lapa trata de garantir que aquelas funcionalidades serão também adicionadas à aplicação disponível quer para Android quer para iOS.

Em comunicado, os promotores adiantam ainda que “a tecnologia do Musgo permite sinalizar automaticamente a travagem/desaceleração de um ciclista para os condutores em redor, indicar automaticamente a um caminhante/corredor que alcançou uma determinada localização geográfica ou avisar automaticamente a um trabalhador que ultrapassou um perímetro de segurança”.

Para produzir o casaco, os promotores Musgo acabam de lançar uma campanha de crowdfunding com a qual esperam angariar cerca de 70 mil euros.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.