New York Fashion Week: uma infinidade de aniversários e estreias

Nesta temporada, tudo em Nova Iorque gira em torno de aniversários. A Ralph Lauren celebrará na sexta-feira o seu meio século no Central Park, a localização perfeita para o criador americano por excelência. Ralph Lauren é o mais importante designer de moda da América: a pessoa que mais contribuiu para definir o estilo americano, que elevou os seus compatriotas a um grau de sofisticação jamais alcançado. É o criador que, entre todos os seus pares, desejou e conseguiu ter a maior influência na maneira como os americanos se vestem, maior do que qualquer outra pessoa no mundo da moda.


Ver o desfile
Ralph Lauren - outono-inverno 2018 - Moda Feminina - Nova Iorque - © PixelFormula

A edição de setembro de 2018 de Nova Iorque terá, portanto, o seu pico na sexta-feira noite no Central Park, quando Ralph Lauren apresentar o seu desfile festivo e abrir o seu jantar mundano no coração deste oásis verde, no Bethesda Terrace (uma área emblemática do parque, cenário principal da versão cinematográfica da comédia musical Hair).
 
O grande momento de encerramento será a apresentação da coleção de lingerie de Rihanna, Savage x Fenty, na quarta-feira, 12 de setembro. O facto de este desfile ser o destaque do último dia, logo após o de Marc Jacobs na noite de quarta-feira, diz muito sobre a aniquilação da moda irónica, movimento do qual o criativo tem sido líder ao longo de duas décadas. Durante o seu reinado na Louis Vuitton, Marc Jacobs podia gabar-se de apresentar o maior desfile da América com a sua marca própria, enquanto atualmente a questão é apenas se a casa irá sobreviver a esta década.

A moda sempre adorou estreias, e todos os olhos estarão postos sobre os primeiros passos do irlandês Niall Sloan (anteriormente da Burberry) na Escada, casa um pouco adormecida nos últimos tempos. Não é fácil encontrar vestígios de outro estilista irlandês que tenha tido sucesso na Alemanha, embora os seus escritores sejam muito apreciados na Europa continental.
 
E o mundo inteiro estará presente para o lançamento oficial da Longchamp nas passarelas. De personalidade algo séria, esta marca familiar parisiense tem, no entanto, firmado alianças inteligentes e improváveis, nomeadamente com Tracey Emin e Kendall Jenner, a sua nova embaixadora. A casa faz a sua grande estreia na passarela de Nova Iorque esta temporada e, por algum motivo, espera-se que seja um sucesso.


Ver o desfile
Rodarte - primavera-verão 2018 - Prêt-à-porter feminino - Paris - © PixelFormula
 
Haverá também um momento bíblico, com o regresso de filhas ou filhos pródigos. Rodarte regressa ao calendário de Nova Iorque depois de um hiato em Paris, onde a marca de Los Angeles conquistou legiões de fãs europeus com os seus desfiles etéreos durante a Alta Costura.
 
"Foi divertido desfilar nas duas últimas temporadas durante a semana da alta costura (e obrigado à Chambre Syndicale), mas Nova Iorque será sempre a nossa casa, por isso vamos voltar para a primavera-verão 2019," declararam no Instagram as duas irmãs Mulleavy, que estão por trás da Rodarte.

Por outro lado, a poderosa casa alemã Hugo Boss apresentará um desfile sem um diretor criativo oficial - o que é, geralmente, a receita perfeita para um desastre. Enquanto Jason Wu, que recentemente deixou a Hugo Boss - onde a maioria dos críticos e distribuidores acreditam que fez um bom trabalho a injetar um pouco de alfaiataria masculina na Boss - vai apresentar a sua própria linha independente.
 
Já a abertura da filial americana da concept-store italiana de culto 10 Corso Como, no porto de South Street, também deve atrair hordas de fashionistas. Ainda que, como sempre em Manhattan, todas as estradas levem ao mesmo lugar: nesta temporada, será o Public Hotel na Christie Street, no final do Lower East Side. Será aí que Telfar Clemens, o vencedor do prémio CFDA/Vogue Fashion Fund irá brindar à nova temporada durante o fim de semana, durante um "jantar V.I.P.".

O muito apreciado designer Christian Cowan também planeou uma festa pós-desfile neste hotel de Manhattan projetado por Ian Schrager - o homem que inventou o Studio 54. Mesmo Tommy Hilfiger - que deixou Nova Iorque para apresentar o seu último desfile “see-now-buy-now", em colaboração com Lewis Hamilton, em Xangai - entrará na ação: o estilista irá celebrar a sua parceria com o piloto mais rápido do mundo no Public Hotel.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosDesfiles
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER