×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de jul de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

New Bond Street, de Londres, é eleita a segunda localização de retalho mais cara do mundo

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de jul de 2017

A New Bond Street de Londres ocupa o primeiro lugar como a localização de retalho premium que mais cresce no mundo, e agora é a segunda rua mais cara para retalhistas, abaixo apenas da Fifth Avenue de Nova Iorque, segundo relatório de pesquisa da CBRE.


A New Bond Street perde apenas a Fifth Avenue de Nova Iorque, como a rua mais cara do mundo - visitlondon.com


A New Bond Street abriga algumas das marcas mais luxuosas do mundo como Cartier, Bulgari, Chanel, Hermès e Dior. No primeiro trimestre de 2017, a rua registou um aumento no aluguer de 39,1% em relação ao mesmo período do ano passado, impulsionado pela chegada de marcas como New Balance e Nars.

O ranking da CBRE, que indica as 10 ruas mais caras do mundo, apontou que o famoso destino de Londres tem uma média de aluguer anual de 1.753 dólares por metro quadrado, perdendo apenas para a Fifth Avenue de Nova Iorque, que mantém a sua posição como o destino de retalho mais caro do mundo, com 3.240 dólares por metro quadrado ao ano. Hong Kong, Paris e Tóquio são os cinco principais mercados para aluguer de retalho premium.

"O desempenho geral de Londres representa a grande força que estamos a ver no mercado retalhista da Europa. A demanda por espaço de retalho de qualidade em Londres permanece robusta e a chegada de marcas como a New Balance e a Nars ressaltam ainda mais a importância desses principais destinos de compras", disse Rhodri Davies, diretor da UK Retail, CBRE.

"No entanto, um aumento nos custos ocupacionais, como resultado da reavaliação das taxas de negócios, significou que os retalhistas estão cada vez mais seletivos na escolha do local das suas lojas. Isso resultou numa desaceleração, nos últimos seis meses, de transações de retalhistas nas principais ruas comerciais de Londres".

A Europa foi a única região a registar crescimento do aluguer no primeiro trimestre de 2017, com um aumento de 4,3% ano-a-ano.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.