Nike continua a ser a marca mais valiosa em 2019

A empresa londrina Brand Finance publicou o seu ranking anual com as marcas de roupa mais valiosas do mundo. A marca americana de artigos desportivos Nike ficou novamente em primeiro lugar em 2019, com um aumento de 16% no seu valor, para 32,4 mil milhões de dólares, graças, principalmente, às vendas crescentes na China, Europa, Médio Oriente e África.


A Nike continua a ser a marca mais valiosa em 2019 - Instagram @nikewomen

"O marketing arrojado da Nike permite que se destaque no mercado de artigos desportivos. Enquanto os consumidores procuram experiências e conexões emocionais, a Nike oferece mensagens e valores claros, com os quais os consumidores se identificam”, explicou Richard Haigh, diretor da Brand Finance.
 
A marca espanhola Zara ficou em segundo lugar no ranking pela primeira vez, com uma valorização de 18,4 mil milhões de dólares (+6%), ocupando o lugar que era da sua rival H&M, que passou para a quarta posição, com uma queda de -16% em relação a 2018, com 15,8 mil milhões de dólares. Em 2018, a Zara saiu-se bem com o desafio do omnichannel e confirmou a sua presença em 106 países. Recém-chegada entre os três primeiros colocados, a marca alemã de artigos desportivos Adidas foi avaliada em 16,7 mil milhões de dólares (+17%).
 
A marca francesa de luxo Cartier ficou com a quinta posição e um aumento +39%, para 13,6 mil milhões de dólares, seguida pela Louis Vuitton, que manteve a sexta posição e cuja valorização foi de +29%, para 13,5 mil milhões de dólares. A Uniqlo obteve o crescimento mais forte e subiu do 9º para o 7º lugar, com uma valorização de 11,9 mil milhões de euros, um aumento de +48%. A Brand Finance explica que estes ótimos resultados foram impulsionados pela qualidade, preço e inovação da marca japonesa de moda, e lembra que, em 2020, o seu objetivo é tornar-se a maior marca de roupa do mundo.

A marca francesa de artigos de couro Hermès caiu da quinta para a oitava posição este ano, com queda de -4%, para 10,9 mil milhões de dólares, seguida pela Gucci, que desceu um degrau, para o nono lugar, apesar de um salto de 19%, para 10,1 mil milhões de dólares.


Ranking da Brand Finance - Brand Finance

Com 18 marcas no top 50 das empresas de vestuário mais valiosas, os Estados Unidos estão no topo do ranking. As avaliações nacionais atingiram 93,2 mil milhões de dólares, impulsionadas pela Nike, que, sozinha foi responsável por um terço desse valor. França ficou logo atrás, com seis marcas no ranking e 49,6 mil milhões de dólares.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

DesportoNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER