×
Por
Jornal T
Publicado em
26 de fev. de 2020
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Noogmi já tem lugar no museu

Por
Jornal T
Publicado em
26 de fev. de 2020

O recurso a matérias-primas como o burel e a cortiça valeu à marca portuguesa Noogmi um lugar no Museu do Calçado, em São João da Madeira. Um exemplar dos sapatinhos de homewear, que são de resto a imagem de marca da Noogmi, poderá ser apreciado naquele museu português.



Apenas com dois anos de existência, a Noogmi estreou-se nas participações internacionais no arranque de 2020, através da presença na feira de moda infantil Playtime Paris, e desde então tem dando que falar pela Europa fora. “Conseguimos logo uma encomenda para a Bélgica e fomos referenciados em várias publicações internacionais, o que é maravilhoso numa primeira presença”, adianta Susana Melo, cofundadora da marca.

Para além dos sapatos de homewear para criança e adulto desenvolvidos a partir de cortiça (na sola) e burel, a Noogmi lançou recentemente uma linha de sapatos de rua. “Os consumidores pediram e nós demos resposta. Neste momento temos disponíveis uns sapatos com sola de borracha, interior em pele e exterior em burel com um design muito semelhante aos nossos sapatos originais”, conta a cofundadora. Trata-se de uma produção sem utilização de químicos, sendo que as mentoras da marca estão já a estudar com o Grupo Amorim a produção de uma sola em cortiça que seja adaptável aos sapatos de rua.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.