×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de mai. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Nova Iorque faz desfilar estrelas mundiais na extravagante Met Gala

Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de mai. de 2022

É uma subida de escadas das mais seletivas do planeta: a gala do Metropolitan Museum of Art em Nova Iorque que faz desfilar estrelas mundiais, numa soirée anual filantrópica, após duas edições perturbadas pela pandemia.


Olivia Rodrigo - Instagram: @metgalaofficial


A Met Gala 2022, no coração de Manhattan, deu origem a uma enxurrada de imagens de celebridades, seguindo o código de vestuário deste ano, "Gilded Glamour", que se refere à " Gilded Age", como seja a era dourada americana do final do século XIX. As vedetas desfilaram com vestidos sem alças, casacos de jantar, chiques, glamourosos, brilhantes, improváveis ou por vezes com mensagens políticas, nos degraus do Metropolitan Museum of Art (Met).
 
A lista de 400 estrelas do mundo da moda, música, cinema, política e negócios – na sua maioria de nacionalidade americana – foi mantida em segredo até ao último momento: Billie Eilish, Olivia Rodrigo, Megan Thee Stallion, Lenny Kravitz, Ariana DeBose, Sarah Jessica Parker, e o artista belga Stromae, que disse à AFP que considerava "estranho" estar aí, mas que se sentia "honrado".

Entre os looks mais irreverentes contam-se aqueles de Cara Delevingne, Dove Cameron, Fredrik Robertsson, Gigi hadid, ou Winnie Harlow, entre tantos outros.


Dove Cameron - Instagram: @metgalaofficial


O homem mais rico do mundo, o extravagante Elon Musk, ergueu os braços à multidão. No tapete vermelho, prometeu fazer do Twitter a "rede social mais inclusiva possível". Hillary Clinton elogiou o "espírito da América" que irradiava da gala. Seguiram-se as atrizes Glenn Close e Sigourney Weaver.

A sacerdotisa Anna Wintour 



A estrela do YouTube Emma Chamberlain chegou primeiro com um deslumbrante vestido Louis Vuitton, seguida pela alta sacerdotisa do evento, Anna Wintour – editora da Vogue, de 72 anos – com um conjunto Chanel constituído por vestido comprido com poncho de penas, complementado por colar ornamentado e tiara adequada a uma rainha.


Anna Wintour - Instagram: @metgalaofficial

 
Já Rihanna, cujos fãs esperavam uma aparição com a sua barriga arredondada de futura mãe, optou por ostentar um vestido Georges Chakra branco de decote retangular e com uma única rosa vermelha e laço.
 
Mesmo quando convidado, o bilhete custa 35.000 dólares (33.167,75 euros) por um lugar no jantar; 200.000 a 300.000 dólares (189.530 a 284.295 euros), por uma mesa paga por um mecenas, de acordo com números não oficiais de 2021, o que resulta num total de mais de 16 milhões de dólares (15,16 milhões de euros), de acordo com as estimativas.


Cara Delevingne - Instagram: @metgalaofficial


Recordamos que a edição de 2021 foi transferida para setembro devido à pandemia – e após um cancelamento total em 2020 – o evento foi encabeçado por Billie Eilish, transformado em Marilyn Monroe com cabelo louro platinado e um vestido de Oscar de la Renta cor de pêssego.

Fim das armas de fogo



A gala serviu também de pretexto para uma mensagem política: o presidente da Câmara de Nova Iorque Eric Adams chegou com um casaco que trazia nas costas o seu slogan de campanha, exigindo "o fim da violência armada" numa cidade assolada pelo crime.
 

Winnie Harlow - Instagram: @metgalaofficial


Na verdadeira tradição filantrópica americana, o evento, que tem lugar na primeira segunda-feira de maio, destina-se a financiar o departamento de moda do Met (The Costume Institute) e coincide com a sua exposição anual. Esta foi apresentada, na segunda-feira de manhã (2 de maio), à Primeira Dama dos Estados Unidos, Jill Biden, que a viu como "uma celebração dos estilistas e da moda que moldaram a verdadeira identidade da América".

A Met Gala deste ano apresentará "In America: An Anthology of Fashion", uma retrospetiva da moda americana dos séculos XIX e XX de 100 peças de vestuário exibidas e revisitadas por cineastas e designers como Sofia Coppola, Martin Scorsese e Tom Ford.


Gigi Hadid - Instagram: @metgalaofficial


A gala teve lugar logo que os jornalistas e editores da Vogue, entre outros títulos do grupo Condé Nast (GQ, Vanity Fair, Glamour, etc.), lançaram um movimento para criar um sindicato, que recordaram nas redes sociais com uma capa pastiche de uma Vogue: "Met Gala 2022, a noite mais longa dos trabalhadores".

Excentricidades 



Nesta escadaria, todas as excentricidades são possíveis. Em 2019, o cantor e ator Billy Porter apareceu como um deus sol, espalhando asas douradas e transportado por homens com torsos musculados. Mas ninguém igualou o strip-tease da Lady Gaga, que começou com um grande vestido fúcsia e terminou em lingerie preta, deitada nos degraus. Este ano foi a vez do ativista e empresário de moda sueco, Fredrik Robertsson, desfilar com um dos looks mais bizarros da gala, porventura o mais.


Fredrik Robertsson - Instagram: @metgalaofficial


Criada em 1948, a gala foi durante muito tempo reservada à alta sociedade de Nova Iorque, mas Anna Wintour, que a assumiu em 1995, transformou-a num evento "popular" adaptado à era das redes sociais. Este ano, o título de copresidente honorário foi oferecido ao diretor do Instagram Adam Mosseri, juntamente com Anna Wintour e o estilista Tom Ford.
 
A noite foi copresidida por um quarteto de estrelas: o casal de atores Blake Lively e Ryan Reynolds, a atriz Regina King, vencedora de um Óscar, e o ator e músico Lin-Manuel Miranda.

Por Andréa BAMBINO, com Diane DESOBEAU e Angela WEISS

The 10 best dressed from the Met Gala 2022 | Bazaar UK

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.