×
350
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
UNREAL FIELDS
Creative/Art Director
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Commercial Product Manager - Work With Product in The Fashion Business
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Almada Fórum - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Almada
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Loures Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Loures
SYSTEMACTION
Vendedor
Estágio · LISBOA
THE KOOPLES
Sales Assistant Part Time (20h) Lisboa
Trabalho temporário · LISBOA
THE KOOPLES
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
CONFIDENTIAL
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Braga - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Braga
LEVI'S
Store Manager (ds Porto)
Efetivo - CLT · Porto
MAJE
Assistant Store Manager - Colombo Lisbon m/f
Trainee · LISBOA
MARIA BY FIFTY
Marketing Digital
Estágio · BRAGA
MARIA BY FIFTY
Fashion Designer/ Grafic Designer
Estágio · BRAGA
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
29 de abr de 2020
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Off-White e Nike lideram o ranking das marcas mais "hot" do primeiro trimestre

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
29 de abr de 2020

Os últimos elementos fornecidos pelo índice trimestral Lyst Index são, também, o resultado do seu levantamento a meio da maior crise a atingir a moda, desde há décadas. O gigante da procura de luxo considera que, o impacto do Covid-19, foi sentido ao longo do trimestre, nos principais mercados asiáticos, e mais intensamente nos EUA e na Europa no último mês.

Mas, as tendências continuaram a afirmar-se. E, quais foram então as manchetes? A Off-White manteve-se como a "marca mais quente do mundo" (mais "hot"), pelo terceiro trimestre consecutivo. "Numa altura em que os consumidores do mundo inteiro se viram confinados às suas casas, à procura de ligações online, o acompanhamento social leal e altamente empenhado da Off-White revelou-se inestimável", comunicou o Lyst Index.


Off-White continua a ser a marca mais"hot" do planeta, segundo o último Lyst Index


Num claro reflexo da pandemia, a procura de máscaras faciais de moda aumentou 496% nas buscas do trimestre, com a máscara de seta da Off-White a ocupar o primeiro lugar na lista dos produtos masculinos mais "hot" (quentes).

Como os consumidores procuram soluções de fitness em casa e roupas confortáveis para usar dentro do ambiente íntimo, a Nike esteve entre as que mais rapidamente subiram neste trimestre, ascendendo nove lugares para a terceira posição, e a Gucci para a quarta posição e fora dos três primeiros, pela primeira vez, desde que o índice começou.

A Nike viu uma enorme procura de produtos como camisolas com capuz, calças e calções de treino, assim como os seus ténis Kobe 4 Protro, na versão "Carpe Diem", que entraram na lista dos produtos mais quentes para homem, em quarto lugar. Na verdade, as solicitações de ténis a longo prazo aumentaram 733%, após a morte do jogador profissional de basquetebol norte-americano, Kobe Bryant, em fevereiro, o qual usou a versão “Carpe Diem” durante a temporada de 2008-09.

Entretanto, a Prada marcou o seu regresso e subiu dois lugares no ranking das marcas mais quentes, alcançando o quinto lugar. A notícia de que o designer de moda belga, Raf Simons, estava a juntar-se à equipa, gerou um pico de 911% em menções sociais para a marca. E, também, ajudou a sua reentrada na lista das marcas mais quentes, subindo 12 lugares para o 17.º lugar.


A linha Prada-Raf Simons impulsionou as duas marcas - Prada


Outra marca muito visualizada, a Jacquemus, também entrou no ranking das 20 marcas mais quentes e, pela primeira vez, subindo sete lugares para chegar ao 15.º lugar. O espectáculo AW20, apimentado com supermodelos, ajudou a aumentar as menções nas redes sociais em mais de 1,100%.

Entre outras marcas quentes, as mais recentes mencionadas foram Thom Browne e Rick Owens, que subiram 14 e 8 posições, respectivamente.

PRODUTOS "HOT"

Em termos de produto, o Bottega Veneta Padded Cassette Bag foi o produto para senhora número um e o Off-White's Soft Race Bodysuit foi o número dois.

De salientar também que a bolsa Telfar, com o logótipo da Telfar, foi o terceiro produto feminino mais quente e impulsionou a marca para a lista, pela primeira vez, com uma média de 30.000 buscas por mês e muitas visualizações de celebridades. No total, as buscas para a Telfar subiram 29% na Europa.

Os collants com o padrão GG da Gucci ficaram em quarto lugar e a tendência do loungewear causou impacto com a camisola de tigre de Anine Bing, o quinto produto feminino mais quente do trimestre. As visualizações dos 418% mais quentes, aconteceram na semana seguinte ao lançamento da série Tiger King da Netflix, enquanto as buscas pela marca subiram 19% neste trimestre.

Conforto e fitness em casa também significaram que os ténis Beyoncé da coleção IVY PARK x Adidas, incluindo os super elegantes Sleek Super 72, ficaram em sexto lugar. E as visualizações dos ténis New Balance subiram 41% em cada trimestre, enquanto os 993 ténis de corrida da marca entraram pela primeira vez na lista dos produtos mais quentes femininos, em sétimo lugar. Os ténis de corrida Air fleece da Nike foram avaliados entre os oito primeiros.


Off-White e Nike em primeiro no ranking das marcas mais"hot"


Ganni ficou em nono lugar com uma simples camisa de algodão e a tendência de revenda também fez sentir a sua presença com as versões pré-proprietárias da clássica mala de aba dupla Chanel, constatando-se um aumento de 75% nas buscas para fechar a lista dos produtos femininos mais quentes no 10.º lugar. Isto talvez tenha sido impulsionado pelo facto de a Chanel não vender sacos no seu próprio website, e com o fecho das suas lojas, a revenda era a única opção.

Para os homens, como referido, a máscara da Off-White ficou em primeiro lugar, seguida da meia-zip da coleção Eye/Loewe/Nature outdoors da Loewe em segundo lugar, uma vez que as pesquisas subiram 88% e a própria marca subiu dois lugares no ranking das marcas mais quentes.

A camisola com capuz da Gucci x Disney ficou em terceiro lugar, juntamente com os ténis Nike mencionados anteriormente em quarto.

A Comme des Garçons Play x Converse Chuck 70 Sneakers, alcançou o quinto lugar, à frente das calças da Stone Island. O laço Prada foi o sétimo produto mais procurado na lista de produtos masculinos mais quentes e os ténis Gel Pulse 10 da Asics ficaram em oitavo lugar. A procura do calçado de corrida aumentou pela primeira vez, em janeiro, e voltou a aumentar em março, registando uma subida de 64% durante o trimestre em geral. Entretanto, as visualizações da Asics aumentaram 25% ao longo do período.

E, o roupão Barroco Versace I Love, ficou na nona posição, enquanto a camisola 4-Bar da Thom Browne concluiu a lista no 10.º lugar.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.