×

Pandora diz que os consumidores regressam mais depressa do que o esperado

Por
Reuters
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
9 de jul de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A dinamarquesa Pandora – aquela que é a segunda maior fabricante de jóias do mundo, conhecida principalmente pelas braceletes, anéis e brincos customizáveis –, levantou, quarta-feira (9 de julho), a sua orientação de lucro para o segundo trimestre, uma vez que as lojas reabriram e os consumidores regressaram mais depressa do que o esperado.

A marca foi obrigada a fechar quase todas as suas 2.746 lojas, no mundo inteiro, no primeiro trimestre, devido ao encerramento do coronavírus COVID-19, mas 86% das lojas reabriram até ao final de junho.


Pandora


A empresa espera agora que os lucros do segundo trimestre, antes de juros e impostos (EBIT), e antes da reestruturação dos custos, se equilibrem em comparação com a sua orientação anterior em maio de EBIT negativo para o período.

"O desempenho financeiro melhor do que o esperado é o resultado de uma reabertura mais rápida dos mercados, de uma recuperação ligeiramente mais rápida do tráfego para reabrir lojas e da continuação de um forte desempenho online", disse a empresa numa declaração.

Alguns analistas alertaram em março que a crise poderia ser uma ameaça aos esforços da empresa, em dificuldades para reavivar a sua fortuna.

Mas, o preço das ações da Pandora mais do que duplicou de valor, desde meados de março, uma vez que os investidores têm sido encorajados por maiores vendas online e um forte retorno dos clientes para reabrir lojas.

A empresa declarou que as vendas online tinham quase triplicado durante o trimestre.


Instagram @theofficialpandora


A Pandora manteve a sua orientação para todo o ano suspensa, mas assumiu que não haverá mais bloqueios em mercados chave, projecta uma margem EBIT positiva e de dois dígitos, excluindo os custos de reestruturação, no segundo semestre do ano.

A empresa adiantou, ainda, que o crescimento orgânico chegou a menos 40% no segundo trimestre, embora "o tráfego para as lojas reabertas esteja a melhorar lentamente" e as vendas em junho tivessem sido "materialmente melhores" do que em abril e maio.

A Pandora deverá publicar os resultados completos do segundo trimestre no dia 18 de agosto.
 

© Thomson Reuters 2020 Todos os direitos reservados.