×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de ago. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Pandora mostra sinais de recuperação apesar de registar queda no lucro

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de ago. de 2019

Uma queda menor nas vendas em mercados-chave como Reino Unido e Itália e a intensificação dos esforços de reestruturação contribuíram para elevar as ações da marca dinamarquesa de joias Pandora, apesar da queda no lucro registada no segundo trimestre. 


Instagram @theofficialpandora


A Pandora, mais conhecida pelas suas braceletes de prata personalizáveis, está a enfrentar dificuldades uma vez que as suas novas linhas de joias não atraíram os compradores, mas está a comprar linhas mais antigas de franquias e a reduzir as coleções para tentar melhorar o seu desempenho.

As vendas de lojas abertas há mais de um ano caíram 10% no segundo trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, assim como no primeiro trimestre. No entanto, as vendas em lojas comparáveis ​​no Reino Unido e Itália contraíram 8% e 10%, respetivamente, contra 13% e 22% no primeiro trimestre, após investimentos em marketing.

"Duplicámos o volume dos nossos investimentos em comunicação para tentar aumentar o tráfego e tem sido um grande sucesso", disse à Reuters Alexander Lacik, novo CEO da empresa. "Obtivemos um forte retorno do investimento", acrescentou, dizendo que a iniciativa será implementada noutros mercados importantes.

A Pandora disse que agora os custos de reestruturação devem ser de "até 2 mil milhões de coroas", em comparação com uma estimativa anterior de até 1,5 mil milhões de coroas (155 milhões de dólares).

"Aumentámos o número porque simplesmente descobrimos coisas que já não são úteis no negócio", disse Lacik. A empresa também vai simplificar o seu portefólio de produtos. “Por exemplo, temos cerca de 150 variações diferentes de um coração num charm e quando falamos com os clientes, eles claramente não veem o valor incremental", disse o CEO.

Para explicar o aumento do preço das
ações da Pandora, o analista do Sydbank Soren Lontoft Hansen explicou: "Acredito que os investidores estão a reagir ao diagnóstico correto dos desafios da empresa."
 
O lucro da Pandora no segundo trimestre antes de juros, impostos, depreciação e amortização caiu 13,7%, para 1,29 mil milhões de coroas (192 milhões de dólares), mas a empresa manteve as suas projeções para o ano todo.

© Thomson Reuters 2023 Todos os direitos reservados.