×
267
Fashion Jobs
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D) - Maternity Leave Cover
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Technology Consultant - Product & Supply Chain (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Tech Analyst - Digital & Omnichannel/ Manage Business (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Tech Project Manager - Sales Tech (M/F/D)
Efetivo ·
PRIMARK - PORTUGAL
Estágio Curricular Manager Comercial
Efetivo · PORTO
ADIDAS
Service Manager - Sales Services (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Buyer - German/Italian/French/Spanish (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Specialist Payroll (m/f) - HR Services - German Speaker
Efetivo ·
ADIDAS
Sap Consultant - bw4hana/Sac (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Sap Consultant - bw4hana/Sac (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Ariba (M/F/D)
Efetivo ·
SACOOR BROTHERS
Fiel de Armazém (Storekeeper) - c. Comercial Colombo
Efetivo · Lisboa
SPORT ZONE
Financial Controller (m/f)
Efetivo · Maia
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Ubbo Alfragide
Efetivo · Lisboa
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager - Portugal
Efetivo · LISBON
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Amoreiras - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Lisboa
ADIDAS
Data Engineer (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Associate Data Engineer (M/F/D)
Efetivo ·
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
28 de set. de 2022
Tempo de leitura
5 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Paris Fashion Week: o centro das atenções na criação jovem com Victoria/Tomas, Botter e Mame Kurogouchi

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
28 de set. de 2022

Uma lufada de ar fresco invadiu os podiums da Paris Fashion Week, na terça-feira (27 de setembro), com as coleções ricas e inventivas concebidas pelas jovens marcas, que ganharam visibilidade nos últimos anos. Ainda em força, apesar de dois anos difíceis marcados pela pandemia, Victoria/Tomas, Botter e Mame Kurogouchi continuam a desenvolver-se e a renovar-se, consolidando o seu lugar num mercado de moda cada vez mais concorrido.


As riscas e franjas emblemáticas da etiqueta parisienseVictoria/Tomas - Victoria/Tomas


Um passo simbólico foi dado por Victoria Feldman e Tomas Berzins, que celebraram o décimo aniversário da sua maison Victoria/Tomas na terça-feira (27). Os dois designers, Victoria de origem russa e Tomas da Letónia, conheceram-se nas bancadas da escola de moda ESMOD em Paris, e desde então nunca mais se largaram, lançando a sua marca em setembro de 2012. É esta história de amor que pretendem contar, através de uma coleção energética e muito sensual para a estação de primavera-verão 2023.

A exposição abriu com Victoria num minivestido de nylon branco enrugado, a um estilo virginal, empoleirada nas icónicas botas de renda da marca, com o seu bebé de seis meses nos braços. "Esta abertura comigo num look todo branco e com o nosso filho parecia ser um belo símbolo para mostrar o início de algo novo. Queríamos partilhar uma história real, sincera e autêntica com o público", confidenciou-nos o designer nos bastidores, recordando que a marca é distribuída em mais de 50 boutiques multimarcas e nas duas últimas temporadas através de um showroom na China.

Esta "Décennie d’Amour" (Década de Amor), como é chamada a coleção, tem por símbolo o coração, que pode ser encontrado em todo o lado, em estampas, logótipos, crachás e bordados. Os corações de tecido são aplicados em camadas concêntricas nos bolsos de camisas e casacos safári. São desenhadas através de anéis de metal aplicados em T-shirts e camisolas, mas também em calças na altura dos joelhos ou incrustadas nos seios de minivestidos e tops sem alças.

A maioria das peças são reversíveis. Esta coleção de aniversário quase não tem saias com franjas e camisas de algodão às riscas, que nesta estação são encurtadas na frente e deixadas compridas e soltas na parte de trás. A barriga é facilmente exposta com camisolas e camisas cortadas. O guarda-roupa é particularmente sensual com malha preta transparente, fatos de cadarço e lingerie que podem ser usados debaixo de um casaco, como resultado de uma colaboração com a nova linha de espartilho de alta qualidade Chantelle X.


Uma coleção muito virada para o mundo aquático para a marca Botter - Botter


Trata-se de outra história de amor que foi contada nas passerelles parisienses neste mesmo dia. A de Lisi Herrebrugh e Rushemy Botter. Recentemente galardoados com o prémio de moda francês Andam, os dois designers, que deixaram a direção criativa da Nina Ricci no início do ano, reorientaram-se para a sua marca Botter e roupa masculina, mostrando mais do que nunca o seu empenho em salvar os oceanos e preservar o recife de coral. Os modelos mergulham as suas mãos em incríveis luvas de aquário de látex cheias de água, os sneakers afundam-se em grandes solas de borracha coloridas, enquanto os sacos têm a forma de cubos de gelo ou de boias de mergulho.
 
Com esta coleção para a primavera-verão 2023, a dupla holandesa, cujas origens são partilhadas entre a ilha caribenha de Curaçao e a ilha de Santo Domingo nas Antilhas, pega no fato, uma peça forte do seu guarda-roupa, e reelabora-o em profundidade para o modernizar com uma reviravolta que o torna cool e desejável. Os cortes são clean, mantendo ao mesmo tempo os volumes confortáveis e fluidos. Os fatos estão disponíveis em tons clássicos cinzentos ou padrões em micro xadrez até ao turquesa das Caraíbas, a cor de assinatura da marca. Tudo gira em torno dos pormenores e da construção. Os casacos, em particular, são subtilmente revisitados, desprovidos de mangas, ou encurtadas e largas, também levantados nas costas

A frente é aberta, com uma aba por vezes descolando-se para cair sobre o peito como uma pétala. Aberturas nos ombros permitem que as mangas do casaco sejam retiradas, atirando-as de volta, um pouco como alguns surfistas usam os seus fatos de mergulho quando saem da água. Para acentuar o look do mergulhador, o casaco pode ser enfiado nas calças, usado com o seu duplo – um segundo casaco ton sur ton – de uma forma dupla. Também pode ser desabotoado a meio e aberto na forma de um coração. No mesmo espírito, o cardigan e o vestido de malha são usados como um corpete apertado, com as mangas dobradas para trás e atadas à volta do pescoço como uma écharpe.
 

Os entrançados inteligentes da maison japonesa - Mame Kurogouchi


Numa coleção delicada em cores de menta e chocolate, Mame Kurogouchi destaca o savoir-faire japonês como sempre. Nesta estação, a estilista Maiko Kurogouchi inspirou-se numa técnica ancestral de tecelagem de cestos de bambu. Kurogouchi usa as rosetas inteligentes e pergaminhos em tops e vestidos tecidos a partir de atacadores de sapatos ou túnicas de macramé decoradas com contas de bambu para deslizar sobre um leotardo de malha. Mas também em tops trançados com fitas.
 
O jogo da trança é repetido em malhas elaboradas, com pontos em relevo, que criam efeitos texturizados. O armário também oferece vestidos de seda impalpáveis, finamente plissados como o origami. Outros, com decotes profundos, são sobrepostos com um tricotado à prova de pele no mesmo tom ou mostram um soutien chique. Usando as Zori, as sandálias tradicionais japonesas, as modelos movem-se graciosamente com lábios verdes de menta, combinando com alguns dos seus fatos minimalistas, tais como as calças muito gráficas, assim como vestido, blusão e casaco na mesma tonalidade cool.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.