×
317
Fashion Jobs
CONFIDENCIAL
Supervisor de Operações (m/f) - Sul
Efetivo - CLT · LISBOA
ADIDAS
Buyer (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
o2c Credit And Collections Manager (m /f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
ADIDAS
Senior Data Analyst (m/f) - Direct-tO-Consumer
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Junior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Tax Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Designer de Moda (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Loures Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Loures
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alegro Alfragide - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Carnaxide
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Castelo Branco - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Castelo Branco
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Palácio do Gelo - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viseu
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vasco da Gama - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f) - Temporary
Trainee · PORTO
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Assistant Accountant (m/f) - Direct-tO-Consumer
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Assistant Accountant - Accounts Payable
Efetivo - CLT · Porto
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendor(a) - Porto Norte - 20h H/F H/F
Efetivo - CLT · NORTH BERGEN
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
7 de set de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Paris Fashion Week publica calendário com 88 eventos

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
7 de set de 2020

A semana da moda parisiense revelou o calendário da sua próxima temporada de desfiles, com 88 eventos no programa oficial. A temporada de nove dias, que apresentará o prêt-à-porter feminino para a primavera-verão 2021, arranca na segunda-feira, 28 de setembro, com a estrela japonesa em ascensão Mame Kurogouchi. Termina na terça-feira, 6 de outubro, com a Louis Vuitton.
 
No entanto, ainda falta ver totalmente esclarecido exatamente quantas casas apresentarão desfiles físicos reais na fase final, ao invés de apenas apresentações em showrooms.

A Fédération de la Haute Couture, o órgão regulador da moda francesa, afirmou em comunicado: "Este Calendário Oficial reúne o calendário das casas com desfiles de moda e o calendário das casas com apresentações e incluirá eventos físicos e/ou digitais." Os asteriscos no calendário indicam que, atualmente, 22 casas planeiam realizar apresentações e não desfiles.
 
Dito isto, as principais casas de moda, como Christian Dior, Chanel e Louis Vuitton, confirmaram o seu objetivo: fazer shows físicos adequados. Embora, devido ao distanciamento social, estes tenham uma audiência significativamente menor que o habitual.

Ao contrário de Nova Iorque, onde o governador Andrew Cuomo impôs um público máximo de 50 pessoas para a próxima Fashion Week da cidade, as autoridades parisienses não emitiram instruções específicas sobre quantas pessoas podem estar presentes nos eventos da capital francesa.
 

Saint Laurent outono-inverno 2020 - FashionNetwork.com


França registou um aumento significativo no número de pessoas que testaram positivo para a Covid-19 nas últimas semanas, com mais de vinte focos infecciosos só em Paris. Na sexta-feira, 4 de setembro, o Ministério da Saúde divulgou sete novas mortes por coronavírus na capital. O uso de máscaras passou a ser obrigatório em toda a cidade de Paris, com multas de 135 euros para quem não cumprir.
 
Várias casas de moda de renome, nomeadamente Saint Laurent e Comme des Garçons, estarão ausentes nesta temporada, mas, no geral, a grande maioria das marcas comprometeu-se novamente com a temporada. Uma percentagem muito mais elevada em comparação com Nova Iorque, onde marcas líderes como Ralph Lauren, Michael Kors, Marc Jacobs e Tommy Hilfiger não estarão presentes este mês.

Na semana passada, a federação aceitou 10 novos participantes no calendário, reforçado o poder de atração de Paris mesmo apesar da pandemia mundial. A segunda-feira de abertura contará com quatro dessas novas casas, incluindo a marca Situationist, da Geórgia, e Wales Bonner, a designer vanguardista londrina que ganhou o Prémio LVMH de 2016.
 
A tarde de terça-feira terá início com o primeiro show de uma mega marca, a Dior, no seu tradicional horário das 14h30, enquanto o dia terminará com outro vencedor do Prémio LVMH, Thebe Magugu, da África do Sul.

A maioria dos espetáculos está programada das 9h30 às 20h, numa temporada que testemunhará a estreia de Matthew Williams como diretor criativo da Givenchy. Espera-se uma grande mudança de direção da sua antecessora, Clare Waight Keller, que desenhou o vestido de noiva de Meghan Markle, até Williams, que ajudou a criar o casaco LED usado por Kanye West na sua atuação nos Grammy de 2008 e que antes do seu cargo na Givenchy foi consultor criativo de Lady Gaga.


Comme des Garçons outono-inverno 2020 - FashionNetwork.com


Entre os recém-chegados ao calendário parisiense estarão Gabriela Hearst, a designer nascida no Uruguai e residente em Nova Iorque, e Mossi, a marca de moda que cruza streetwear e alta costura.
 
A temporada terminará com uma terça-feira movimentada, com gigantes como Chanel, Miu Miu e Louis Vuitton. Entre estas duas últimas estará a Maison Margiela, que atrasou a data do seu desfile, o que significará umas últimas horas agitadas.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.