×
361
Fashion Jobs
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Gestor de Produção
Efetivo · PORTO
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Centro Comercial Vasco da Gama (m, f)
Efetivo · Lisboa
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Barcelos - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Barcelos
MINGA LONDON
Fashion Photographer
Efetivo · GUIMARÃES
SALSA
Salsa Gerente de Loja – Grande Porto – Encontra Aqui a Tua Paixão
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Team Leader (m/f)
Efetivo · Braga
ESTÉE LAUDER
Finance Administrator (Part-Time)
Efetivo · LISBON
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vasco da Gama - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Lisboa
KLEED LOUNGEWEAR
Sales / E-Commerce / Customer Care Manager
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
ABSOLUTARGET
Ecommerce Assistant
Estágio · VILA DO CONDE
EL CORTE INGLÉS, GRANDES ARMAZÉNS SA
Vendedores | Segmento de Luxo
Efetivo · LISBOA
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Boss Store Oeiras Parque (m/f)
Efetivo · Oeiras
MAJE
Vendedor(a), 20Hrs - Eci Porto
Temporario · PORTO
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Algarve Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Albufeira
SALSA
Salsa Gerente de Loja – Palácio do Gelo – Encontra Aqui a Tua Paixão
Efetivo · Viseu
SALSA
Salsa Gerente de Loja – Aveiro – Encontra Aqui a Tua Paixão
Efetivo · Aveiro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Full-Time) - Colombo - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Lisboa
Publicidade
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
19 de jul de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Pepe Jeans refinancia dívida e amplia capital para desenvolver plano de negócios

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
19 de jul de 2019

A Pepe Jeans conseguiu refinanciar a sua dívida. O grupo de moda de origem espanhola selou um acordo com a banca para refinanciar o seu empréstimo sindicado e garantir, assim, um novo plano de financiamento a longo prazo. Por sua vez, os acionistas aprovaram um aumento do capital da empresa.


A Pepe Jeans conseguiu refinanciar a sua dívida e ampliar o seu capital - Pepe Jeans - Facebook


O grupo Pepe Jeans, segundo foi anunciado na sexta-feira através de um comunicado, firmou um acordo de refinanciamento do seu empréstimo sindicado com 14 instituições financeiras, numa operação codirigida pelo BBVA, Banco Santander e Caixabank.
 
Os acionistas da empresa aprovaram, além disso, um aumento de capital "para fortalecer a solvência do grupo e a capacidade financeira necessária para implementar os planos de crescimento das suas diferentes marcas", explicou a Pepe Jeans no seu comunicado de imprensa.

Esta operação "irá conceder flexibilidade ao grupo e permitir que este se concentre no seu plano de negócios, iniciado neste exercício fiscal, para consolidar o crescimento das suas marcas nos seus principais mercados, implementar o seu plano de digitalização e adaptar-se às mudanças que se verificaram na indústria de retalho e às expectativas do consumidor".

Nas palavras de Carlos Ortega, fundador, acionista e CEO do grupo, "este acordo reflete o compromisso e o apoio das instituições financeiras e dos acionistas do grupo".

Com o anúncio deste acordo, a Pepe Jeans dá um passo definitivo num longo processo de refinanciamento. No início deste ano, o grupo contratou o banco de investimento Rothschild e a consultora McKinsey para reduzir os seus gastos e refinanciar a sua dívida, e também conseguiu que a L Capital, o fundo de capital de risco da LVMH, injetasse dinheiro na empresa para facilitar o seu refinanciamento.

A Pepe Jeans tem a sua sede operacional em Barcelona, embora o seu principal mercado seja o Reino Unido. A empresa espanhola é, desde 2015, propriedade do grupo de investimento libanês M1 (pertencente ao multimilionário Najib Mikati) e a sua venda foi fechada por 720 milhões de euros. O grupo de moda entrou em perdas em 2017, quando registou um prejuízo de 13,11 milhões de euros.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.