×
Por
Portugal Textil
Publicado em
20 de abr. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Peryod mete feminismo no saco

Por
Portugal Textil
Publicado em
20 de abr. de 2022

A marca de vestuário, que nasceu para dar voz às mulheres e também às pessoas que defendem o respeito e a igualdade de género, acaba de lançar uma coleção-cápsula. A nova linha de tote bags da Peryod é uma homenagem a Rose Marie Muraro, uma das pioneiras do movimento feminista no Brasil.


©Peryod


«Todas as peças da Peryod contam a história de uma mulher que se distinguiu e lutou por uma sociedade mais livre e justa. Esta coleção não poderia ser exceção, por isso, a cápsula Muraro presta homenagem a Rose Marie Muraro, uma das pioneiras do movimento feminista no Brasil, especialista em física, escritora e editora, que nasceu praticamente cega, numa das famílias mais ricas do Brasil, mas renunciou as suas origens e dedicou-se à criação de movimentos sociais. Por nove vezes foi eleita “Mulher do Ano”, duas vezes “Mulher do Século” e, ainda, “Intelectual do Ano”. Teve 5 filhos, 12 netos e bisnetos e, aos 65 anos, desafiou os seus limites, fez uma cirurgia e recuperou a visão.», escreve a marca em comunicado.

De tamanho XL, design minimalista e mensagens inspiradoras de união, empoderamento e amor próprio, as três novas propostas da coleção Muraro foram lançadas a pensar no Dia da Mãe e estão à venda no site da marca a um preço de 9,99 euros.


©Peryod


A Peryod surgiu em 2021 com o propósito de vestir a causa feminista. Todos os artigos da marca são desenvolvidos e produzidos em Portugal, maioritariamente em algodão orgânico através de fornecedores com certificações como BCI – Better Cotton Initiative, GOTSGlobal Organic Textile Standard e OCS – Organic Content Standard.

O compromisso social da Peryod é transversal a todo o negócio, desde o seu conceito até ao momento da venda, com parte dos lucros anuais a reverterem para uma instituição de apoio a mulheres na proporção de 1 euro por cada peça vendida.  No momento da compra, o consumidor pode selecionar qual a instituição que quer ajudar.

Copyright © 2022 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.