Petit Bateau pretende ampliar sua presença em Portugal e Espanha

A marca francesa de roupa infantil, Petit Bateau, que acaba de lançar sua loja online, pretende aumentar sua presença mundial. Nos próximos três anos, ela pretende abrir cinco novas lojas em Espanha e Portugal, além de 150 em todo o mundo.


Petit Bateau lança loja online e pretende abrir novos pontos de venda em Portugal e Espanha Petit Bateau - Petit Bateau

O lançamento da loja online aconteceu no início de maio. A marca espera que isso contribua com as vendas diretas, mas esse não é o único objetivo. A experiência da marca com o e-commerce em outros mercados leva à conclusão de que esse é um grande gerador de tráfego para lojas físicas.

"Para nós, o foco da web é também divulgar a marca ao cliente que não vai à loja por conta da distância", contou Salvador Aymerich, CEO da Petit Bateau para Espanha e Portugal, à FashionNetwork.

A marca opera no mercado espanhol desde os anos 80, quando começou a comercializar pelo canal multimarcas. Mais tarde, a empresa entrou no El Corte Ingles, e depois lançou o projeto de lojas próprias. Desde 2013, a expansão é realizada sob a fórmula de franquias.

Para este ano é esperada a abertura de mais pontos de venda franqueados, embora a empresa não queira revelar a localização. "Nós não queremos estar em um milhão de sites, mas nos principais centros. A presença deve ser qualitativa para ter continuidade", disse Aymerich.

Em 2012, a subsidiária espanhola embarcou em um período de reestruturação, o que implicou em alguns fechamentos de lojas e mudanças de endereço. Logo depois veio a aposta no modelo de franquias, com uma primeira abertura em A Coruña, e na sequencia, Girona, San Sebastian, Palma de Mallorca, Zaragoza e Montijo, perto de Lisboa.

Desde 2013, o negócio da marca na Espanha mantém uma taxa constante de crescimento. "Somos uma filial pequena, mas estamos entre as com maior projeção. A Espanha é o quarto ou quinto mercado têxtil europeu, e isso nos dá potencial neste momento", diz o executivo.

Nos próximos três anos, a marca planeja abrir cinco novas lojas em Espanha e Portugal, além de 150 no mundo todo. Para o mercado português, o objectivo da Petit Bateau é ter pelo menos duas lojas de rua em Lisboa e no Porto, onde já possui espaços no El Corte Inglés.

A empresa tem feito um esforço para tornar os preços mais acessíveis, especialmente na linha de pijamas e roupas íntimas. ”É nossa gama de entrada e estamos apostando em torná-la mais acessível, sem mexer na qualidade, segurança ou design, que são indispensáveis ​​para nós. Tivemos uma resposta muito boa", diz o gerente.

Atualmente, a Petit Bateau vende em todo o mundo, entre outros, 3,4 milhões de camisetas, 16 milhões de roupas íntimas e 28 milhões de peças de vestuário. Em um ano, a empresa teve 3.000 toneladas de malha e usa um comprimento do fio equivalente a 4.500 vezes o diâmetro da Terra. Apenas a produção de camisetas representa 22 milhões de quilômetros de fios.

A empresa, fundada por Pierre Valton em 1893, está presente em 60 países do mundo, e tem 440 lojas próprias na Europa. Ela faz parte do grupo Rocher há 25 anos, que também é dono da Yves Rocher.

A Petit Bateau conta com 3.000 colaboradores, metade deles na França. A primeira fábrica foi construída em Troyes e produz 85% das roupas de malha da marca, que também tem instalações na região do Magreb.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDistribuição
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER