×
374
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Piquadro regista crescimento de 37,3% no primeiro trimestre do seu ano fiscal

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 27 de ago de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O Grupo Piquadro continua a crescer. No primeiro trimestre do seu ano fiscal, a empresa apresentou um aumento de 37,3% no volume de negócios, para 33,4 milhões de euros, principalmente graças à consolidação integral dos três meses de vendas da Maison Lancel, adquirida em junho do ano passado e que, portanto, contribuiu com apenas um mês para a faturação do primeiro trimestre de 2018/19.


Marco Palmieri, presidente e CEO do Grupo Piquadro

 
"O primeiro trimestre encerrou com resultados positivos para todas as três das marcas do Grupo", afirmou Marco Palmieri, presidente e CEO do Grupo Piquadro. “Apesar do contexto francês difícil, as vendas da Lancel mostram um crescimento de dois dígitos que nos permite uma primeira avaliação positiva das estratégias realizadas para produto, posicionamento e organização para aumentar o potencial extraordinário da marca através de uma nova oferta, uma comunicação mais eficaz e uma estrutura reduzida e motivada. A The Bridge também teve crescimento de dois dígitos, resultado de escolhas estratégicas que revolucionaram a empresa na continuidade dos valores da marca. Por fim, a Piquadro confirmou a sua solidez com uma tendência de crescimento estável e duradoura.”

Analisando o desempenho das diversas marcas, a Piquadro registou uma faturação de 15,5 milhões de euros, um aumento de 3,2%, com crescimento tanto no canal de atacado (62,4% do total), com + 2,8 %, como no retalho (37,6% do total), com + 4%, e um crescimento de + 31,6% no e-commerce. A The Bridge cresceu 10,6%, com + 7% no atacado (72,1% das vendas) e + 20,9% no retalho (27,9% do total), com +42,5% no e-commerce. Por fim, a Maison Lancel registou receita de 12,1 milhões de euros, contribuindo com cerca de 33% para o crescimento do grupo; o canal de retalho, que conta com 58 lojas em França, 2 em Itália e 1 em Espanha, Rússia e China e que representa 88,6% da faturação da marca, cresceu 11,7%.


Ninon by Lancel, nova linha da marca francesa - Lancel

 
Quanto às diferentes áreas geográficas, Itália, que representa 47,6% da faturação total, cresceu 6,7% no trimestre, enquanto a Europa registou um aumento de 90,5%, representando 49,7% nas vendas consolidadas. No restante do mundo, o grupo registou receita de 0,9 milhão de euros, um aumento de 27,1%.

O Grupo Piquadro está atualmente presente em 50 países com uma rede de distribuição de 181 lojas, sendo 99 boutiques Piquadro (63 em Itália e 36 no estrangeiro, das quais 56 próprias e 43 franchisadas), 13 The Bridge (12 em Itália e 1 no estrangeiro, 9 próprias e 4 franchisadas) e 69 Lancel (58 em França e 11 no estrangeiro, sendo 63 próprias e 6 fanchises). O grupo encerrou o seu ano fiscal de 2018/19 a 31 de março com um volume de negócios de 147,5 milhões de euros e lucro líquido consolidado de 34,48 milhões de euros.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.