×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
28 de mai de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Pitti Uomo prepara-se para 100.ª edição e anuncia convidado especial

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
28 de mai de 2021

Com a Pitti Uomo em junho, que terá lugar de 30 de junho a 2 de julho em Florença, a Fortezza da Basso voltará a ser uma plataforma em presença, bem como digital, dedicada à apresentação das novas coleções e das novas tendências do vestuário masculino internacional. Esta edição especial – a 100.ª – será também o tema em torno do qual girarão todos os eventos de verão, incluindo a Pitti Filati e Pitti Bimbo, que serão divididos nos formatos de exposição "100% Filati" e "100% Bambino".


Pitti Uomo celebra a sua 100.ª edição de 30 de junho a 2 de julho - DR


"O 100 é um número forte, significativo, redondo e promissor. É certamente um objetivo, mas, se lido ao contrário, 001 torna-se o símbolo de um novo começo. Desde o início pareceu-nos ser uma grande oportunidade para expressar o estado de espírito com que nos preparamos para conceber e organizar as nossas feiras de verão, que finalmente voltaram a estar presentes", comentou Agostino Poletto, diretor-geral da Pitti Immagine.

Um sinal gráfico multifacetado do designer Francesco Dondina irá caracterizar a campanha publicitária e colorir a Fortezza da Basso, envolvendo a comunidade da moda num exercício de criatividade.

O designer convidado da 100.ª edição da Pitti será o sul-africano Thebe Magugu, de 27 anos, que apresentará a antevisão de uma coleção especial masculina da marca epónima, com um evento num local especialmente dedicado da Fortezza da Basso.

"Thebe Magugu conquistou-nos imediatamente", confessou Lapo Cianchi, diretor de Comunicações e Eventos da Pitti Immagine, "desde que começámos a seguir o seu percurso, pela frescura da sua criatividade multicultural e multidisciplinar, e ao mesmo tempo pela naturalidade com que o seu compromisso ético e social emerge nas suas coleções. Thebe cria moda que está constantemente suspensa entre arte e artesanato, educação e práticas ancestrais. O seu trabalho pareceu-nos perfeito para o convidar, de uma forma não convencional, um novo começo cheio de consciência jovem e enérgica".


O sul-africano Thebe Magugu é o designer convidado - DR


"Estou realmente orgulhoso de ser o designer convidado desta estação e de participar na edição especial de aniversário da Pitti Uomo, apresentando a minha primeira cápsula de moda masculina", disse o designer Thebe Magugu. "Tenho um imenso respeito pela forma como o espectáculo sempre esteve empenhado em destacar o património e a tradição, com um olhar em contínua expansão sobre o novo. É no que nós, na Thebe Magugu, também acreditamos firmemente".
 
Thebe Magugu vive em Joanesburgo, mas nasceu em Kimberley, uma pequena cidade mineira de África do Sul. Criado numa família de três gerações de mulheres, define a sua roupa como uma ode constante ao universo feminino, "mulheres fortes e extremamente independentes que pensam". Inspirado por uma cultura multidisciplinar, Thebe Magugu estudou Design de Moda, Fotografia de Moda e Media de Moda, disciplinas que desempenham um papel importante na sua narração de histórias. Após vários estágios e colaborações na indústria, lançou a sua marca epónima em 2016.

Thebe Magugu foi galardoado com o International Fashion Showcase de 2019 com o British Fashion Council e com o LVMH Prize de 2019. Lançou também a Faculty Press, uma revista que celebra pessoas-chave, momentos e ideias da África do Sul e da cultura jovem africana.


Look da primeira coleção masculina de Thebe Magugu, que faz a sua estreia na Pitti Uomo 100 - DR


A Pitti Uomo será também, como sempre, o foco do programa de eventos e projectos especiais que terão lugar ao vivo, nos seus espaços, de 30 de junho a 2 de julho, e que nos mesmos dias serão ampliados digitalmente pelo Pitti Connect.

Pitti Uomo 100 acolherá a terceira edição do Sustainable Style, onde Giorgia Cantarini – jornalista de moda e curadora do projecto – apresentará uma nova seleção de marcas, o resultado do scouting entre os designers mais jovens e mais cool que criam e produzem de acordo com critérios de eco responsabilidade. Entre as marcas já confirmadas encontram-se a Arbo Paris, Connor McKnight, DNI, Monad London, Myar, Patchouli Studio, Reamerei, Stories, Uniforme, Vitelli e Woo.

Uma novidade absoluta na Fortezza da Basso serão os Pitti Studios, um serviço de produção de conteúdos fotográficos, vídeo e narração de histórias concebido para melhorar as propostas das marcas num meio social e digital multicanal, Pitti Connect e plataformas dos próprios expositores. O resultado é uma história criativa de alto desempenho, concebida para melhorar as características da marca, para comunicar as suas características distintivas da melhor maneira possível e de uma forma global.

A edição número 100 é, então, há muito esperada, não só pelo que o evento veio a representar nos seus primeiros 50 anos de história, tornando-se o ponto de referência da moda masculina no mundo, mas também porque rima com "reinício" após um ano e meio marcado por uma pandemia que, infelizmente, não será esquecida em breve. Sendo 100 ou 001, então, o ponto de partida e o recomeço juntos, numa única mensagem que definitivamente pressagia o bem.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.