Portal da Queixa é essencial na decisão de compra online

O Portal da Queixa e a Netquest realizaram um inquérito nacional sobre e-commerce, na tentativa de perceberem os comportamentos dos portugueses no que se refere às compras online: o que pesquisam, onde compram e o que os influencia na decisão de compra.


Entre as principais conclusões, o estudo indica que 53% dos ‘e-consumidores’ pesquisam a opinião de outros consumidores, principalmente os mais jovens; as mulheres e os jovens são os mais influenciáveis. Por outro lado, oito em cada 10 inquiridos opta por comparar preços ou funcionalidades. Os homens comparam mais os produtos e serviços, mas procuram menos as opiniões de outros consumidores.

Comparando os resultados do inquérito com estudo idêntico realizado em, março passado, no âmbito do Dia Mundial do Consumidor, é possível concluir que os portugueses são bastante influenciáveis no momento da decisão de compra pelas opiniões que leem na internet.

Neste quadro, o Portal da Queixa assume um papel relevante em termos de pesquisa: a maioria dos inquiridos avaliou como importante para a decisão de compra a influência de reclamações e opiniões públicas sobre determinada marca: 7,4 (numa escala de 1 a 10). Os entrevistados que já utilizaram o Portal da Queixa também admitiram valorizar, no momento da compra, a reputação das marcas na plataforma: 7,3 (numa escala de 1 a 10).

Os dados mais recentes sobre o Portal da Queixa – recolhidos pelo Google Analytics – revelam ainda que, dos mais de três milhões de consumidores que visitam o Portal da Queixa, cerca de 98% pesquisa na plataforma informações sobre uma marca ou serviço antes da decisão da compra final.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER