×
371
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Portugal passou da confeção à criação, anuncia o Le Monde

Por
Jornal T
Publicado em
today 13 de dez de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A força da moda e da ITV nacional impõem-se de forma cada vez mais evidente a nível internacional e desta vez é o prestigiado jornal francês Le Monde a carregar nas tintas: “Moda: o novo objecto de desejo de Portugal”, é do título do artigo publicado na edição do último sábado, dia 8 de Dezembro, na secção Styles.



Moda portuguesa - Diogo Miranda


É com a referência a novos criadores como Hugo Costa, Sophia kah, Alexandra Moura, Luís Buchinho, Marques’Almeida, Pedro Pedro ou Diogo Miranda que o prestigiado diário anuncia ao mundo que “os portugueses passaram da confeção à criação”, num artigo assinado pelo jornalista Valentin Pérez, que associa o facto de Portugal ser o país convidado de honra para a próxima edição da Pitti Uomo, “o mais importante salão de moda masculina do mundo”.
Olhando para o prestígio da nossa ITV como confeccionadora para grandes marcas, o Le Monde explica “Portugal não quer resignar-se a continuar a fabricar as roupas imaginadas pelos estrangeiros” e que a aposta passa agora pela moda e fortes campanhas para dar a conhecer  os talentos criativos, que o jornal designa como “os novos embaixadores que se juntam a outros compatriotas cada vez com maior visibilidade”.

Uma ascensão da moda Portuguesa na cena internacional que é também explicada pelo director geral da ATP. “Ao longo da última década temos assistido a uma regeneração dos nossos talentos que nos permite ter agora um lugar na cena mundial”, diz Paulo Vaz, enquanto Mónica Neto, porta-voz do Portugal Fashion, destaca a estratégia de pôr em contacto e potenciar em conjunto fabricantes e criadores.

“Mostramos sempre aos compradores as novidades mais estimulantes, e este é o bom momento para os portugueses”, diz também ao jornal francês o responsável pela Pitti Uomo, Raffaello Napoleone, a propósito do destaque que será dado a Portugal na próxima edição (8 a 11 de Janeiro) na feira de Florença, em Itália. E acrescenta: “É um país que tem não só uma sólida credibilidade com o produtor mas que tem também uma história cultural forte, um passado de elegância que hoje se reflecte [na sua moda]”.
 

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.