×
371
Fashion Jobs
JD SPORT
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
MAX MARA PORTUGAL
Sales Assistant - Max Mara - el Corte Ingles
Temporario · LISBOA
DIREKTE LINE
Mobile Merchandiser (Repositor/a) 8h/s Sâo Joâo da Madeira
Trabalho temporário · SÃO JOÃO DA MADEIRA
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Alcantarilha - Nova Abertura
Temporario · Alcantarilha
BIMBA Y LOLA
Vendedor/a - Porto Norteshopping
Temporario · PORTO
BIMBA Y LOLA
Encarregado/a de Loja - Guimarães
Temporario · GUIMARÃES
BIMBA Y LOLA
Vendedor/a - Guimarães
Temporario · GUIMARÃES
MAJE
Supervisor - Lisbon Amoreiras
Temporario · LISBOA
BIMBA Y LOLA
Vendedor/a - Vila do Conde
Temporario · VILA DO CONDE
COURIR PORTUGAL
Vendedor/a / Sales Assistant – Porto - CDI - 40h - m/h
Efetivo · VILA NOVA DE GAIA
Por
Agência LUSA
Publicado em
10 de dez. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Portugueses ajudam a criar casaco vivo que produz oxigénio através de fotossíntese

Por
Agência LUSA
Publicado em
10 de dez. de 2021

Uma ideia portuguesa, que se aliou a uma empresa paquistanesa e a um laboratório inglês, resultou na produção em território nacional de um “casaco vivo” que produz oxigénio utilizando algas microscópicas.


Uma ideia portuguesa, que se aliou a uma empresa paquistanesa e a um laboratório inglês, resultou na produção em território nacional de um “casaco vivo” que produz oxigénio - Fotografia: Facebook This is Pacifica


O CO2AT, criado em parceria com o laboratório inglês Post Carbon Lab, é “um organismo vivo” que contém “algas microscópicas que fazem a absorção do dióxido de carbono e transformam em oxigénio”, explica à Lusa o diretor criativo, Filipe Mesquita.

Este projeto é da fabricante paquistanesa de ganga Azgard9, que fornece várias empresas de moda, mas “foi uma ideia portuguesa e a produção de uma parte significativa do casaco é feita em Portugal, numa fábrica no Norte”, garante.

Toda a peça de algodão puro é fabricada no país, e é depois enviada para Inglaterra, onde o capuz do casaco é tratado com pigmentação microbiana que fará o processo de fotossíntese.

Para além de ser sustentável, o tecido é antibacteriano, antiodor, antivírico, respirável, resistente à água e repelente, lê-se no site do CO2AT.

Cuidar desta peça “requer alguma disciplina, que é a mesma disciplina que ter uma planta”, esclarece o responsável, já que “são organismos vivos”.

Mas o vestuário tem vida depois da morte, porque “pode ser novamente replantado, enviando novamente para o laboratório”.

A ideia é mudar o paradigma “para este território de sustentabilidade”, em que se deixa de pensar “numa lógica de mitigação ou de redução”, mas sim numa “questão de transformação”.

“É fazer alguma coisa que transforme o problema numa solução”, insiste Filipe Mesquita.

O diretor criativo assegura que, “ao receber um casaco destes em casa, o oxigénio que já foi produzido na sua confeção e o tempo em que esteve vivo, já anula toda a pegada ecológica até chegar à porta”.

“Ao fim do ano, produz o mesmo oxigénio que um carvalho de um ano”, concretiza.

Depois do sucesso da parte criativa, que já foi premiada a nível nacional e internacional, segue-se a comercialização e a implementação desta tecnologia em grande escala.

Para isso, a empresa paquistanesa está já em contacto com a sua rede de clientes, que inclui grandes grupos de moda como a LVMH ou a Zara, e já captou a atenção de empresas como a Asos ou a Lacoste.

ILYD // JAP (Lusa)

Copyright © 2022 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.