Prémio LVMH revela seus 8 finalistas

LVMH Prize para a jovem criação, dotado de 300.000 euros, exibiu uma lista de 8 finalistas, onde figuram em especial três designers sediados em Paris e pela primeira vez um criador Japonês. O vencedor será revelado a 16 de junho próximo.

Prémio LVMH revela seus 8 finalistas - lvmhprize.com

Os oito designers que seguem na competição refletem a jovem criação em toda a sua diversidade em escala mundial, já que são quatro Europeus a desfilar entre Paris e Londres, três Norte-Americanos a desfilar em Nova Iorque e um Japonês. Este último, Hiromichi Ochiai, designer da Facetasm, à frente da nova onda de criadores japoneses, desfila habitualmente em Tóquio.
 
"Com 3 criadores sediados em Paris, dentre os 8 finalistas, esta lista reflete a vitalidade da cena francesa e da atratividade da capital para os criadores estrangeiros. Entre eles, Koché já havia sido semifinalista no ano passado. Eu estou feliz também por haver um criador japonês a integrar este nível da competição pela primeira vez", comenta em um comunicado Delphine Arnault, por iniciativa do Prémio LVMH.
 
Além de Koché, a linha de 'streetwear couture' de Christelle Kocher, que desfila desde setembro passado em Paris, as outras etiquetas parisienses selecionadas são a linha feminina Aalto do Finlandês Tuomas Merikoski, que mescla a abordagem nórdica e o saber-fazer francês, que desfila ele também na capital há duas temporadas, e a marca feminina e masculina Y/Project do criador belga Glenn Martens, que se distingue por suas peças elegantes um tanto 'underground'.
 
Último a representar a Europa, a jovem londrina Grace Wales Bonner. De origem jamaicana por parte de pai, ela apresenta em suas criações a cultura africana e questiona a condição negra na sociedade. Formada pela Saint Martins School, ela obteve recentemente o prémio de melhor designer feminina e 'menswear' nos British Fashion Awards na categoria talentos emergentes. O desfile da sua linha Wales Bonner é muito concorrido em Londres.

As oito etiquetas que seguem na competição LVMH Prize. - lvmhprize.com

No outro lado do oceano, três finalistas oriundos do continente americano. Primeiro o texano Brandon Maxwell, conhecido por ser o estilista de Lady Gaga e ter sido o antigo braço direito de Nicola Formichetti. Ele lançou sua linha de pronto-a-vestir de luxo feminino em 2015 em Nova Iorque.
 
O segundo, Matthew Williams, nasceu em Chicago. Este criador, na casa dos trinta anos, é oriundo do universo 'clubbing' e reivindica isso totalmente, bem como sua inspiração californiana, onde cresceu antes de se instalar em Nova Iorque para lançar sua marca de espírito 'streetwear-chic' Alyx.
 
A terceira etiqueta é canadiana. Sediada em Toronto, Vejas Kruszewski é originária de Montreal e desfila em Nova Iorque com sua marca mista Vejas, que joga com a mistura dos géneros. Suas criações são vendidas de Nova Iorque a Tóquio, passando por Los Angeles.
 
Esses oito jovens talentos reencontrarão o júri uma última vez a 16 de junho próximo. O vencedor, que será designado neste próprio dia, levará entre outras coisas, uma premiação de 300.000 euros.
 
Quanto aos três jovens formados em escolas de moda, eles receberão 10.000 euros e poderão integrar o estúdio de uma das marcas do grupo LVMH. Um prémio ainda aberto à candidatura até 15 de maio.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - DiversosCriação
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER