×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
23 de nov. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Puig encerrará uma das suas fábricas em Espanha em 2023

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
23 de nov. de 2022

O gigante espanhol Puig de perfumes, cosméticos e moda, cessará a produção na sua fábrica em Besòs (Barcelona) em 2023 e concentrará a produção nas suas outras duas fábricas, localizadas em Vacarisses, também em Barcelona, e Alcalá de Henares em Madrid.


O grupoPuig vai encerrar uma das suas fábricas em Espanha e está a trabalhar na expansão das suas instalações centrais - Puig


Este movimento está em linha com a estratégia do grupo de "crescimento e de impulso à inovação", de acordo com o diário empresarial Expansión. O encerramento da fábrica de Besòs, a mais antiga e ativa da empresa desde 1968, afetará cerca de 400 empregados, que serão relocalizados, tal como a empresa acordou com os sindicatos na sexta-feira (18 de novembro).

A fábrica de Vacarisses, que concentra o fabrico de produtos de cuidados para a pele e acessórios de perfumaria, irá assumir a maior parte da produção de Besòs, de acordo com o jornal. Por sua vez, a fábrica de Alcalá de Henares dedica-se ao sector das fragrâncias. 

Ao mesmo tempo, o grupo Puig está a trabalhar na expansão da sua sede em L'Hospitalet (Barcelona) e irá investir 15 milhões de euros na conceção deste novo espaço de trabalho. Ao lado das instalações gerais da empresa neste local, está a ser construída uma nova torre para onde o grupo irá deslocar uma grande parte dos empregados afetados pelo encerramento da fábrica de Barcelona, pertencentes às equipas de I&D, compras ou cadeia de fornecimento.

Esta torre, que terá 21 andares, está a ser desenvolvida pela Colonial e Inmo, a filial imobiliária da Exea, o escritório familiar do grupo catalão. Será precisamente a Exea, que partilhará o novo edifício com a Puig.

A Puig foi fundada em 1914 e opera um vasto portfólio de marcas de moda e beleza, tais como a Carolina Herrera, Paco Rabanne, Jean Paul Gaultier, Dries Van Noten, Nina Ricci, Penhaligon's, L'Artisan Parfumeur, Charlotte Tilbury e as recentemente adquiridas Byredo, Loto del Sur e Kama Ayurveda. Tem também as licenças Christian Louboutin e Comme des Garçons Parfums e as fragrâncias de estilo de vida de Antonio Banderas, Adolfo Dominguez e Benetton.

No ano fiscal de 2021, aumentou o seu volume de negócios em 27% em relação a 2019 e atingiu 2585 milhões de euros. A Puig está presente em 150 países, tem escritórios em 29 deles e estima vendas de 3 mil milhões de euros e EBITDA de 500 milhões de euros até ao final de 2022.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.