×
333
Fashion Jobs
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Planning Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (F/M/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Hcm/sf Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Brand Operating Overheads (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Group Functions Controlling Legal (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Marketing Working Budget (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de out. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Puma aumenta previsões apesar das tensões de abastecimento

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de out. de 2021

A Puma aumentou, na quarta-feira (27 de outubro), as suas previsões de receitas e lucros para 2021, ao mesmo tempo que avisava que o bloqueio sanitário no Vietname, o congestionamento dos portos e a escassez de contentores estavam a afetar a sua cadeia de abastecimento.


Segundo o grupo todas as suas categorias de produtos registaram um crescimento de dois dígitos - Puma


O fabricante de equipamento desportivo espera agora que as suas vendas aumentem pelo menos 25% este ano, em comparação com uma previsão anterior de +20%.

Também reviu em alta a sua previsão de lucros de exploração para 2021, que se estima que se situe entre os 450 e 500 milhões de euros, em comparação com os 400-500 milhões anteriores.

Na bolsa de Frankfurt, as ações da Puma ganharam mais de 2% pela manhã.

No terceiro trimestre, o volume de negócios da Puma aumentou 20,4% a taxas de câmbio constantes (+35,4% em comparação com 2019), para 1,9 mil milhões de euros, e o lucro líquido saltou para 229 milhões de euros, números que foram superiores às estimativas dos analistas. O grupo disse que todas as suas categorias de produtos registaram um crescimento de dois dígitos com as vendas de calçado a aumentarem 21,6%, impulsionadas pelos segmentos de Performance e Sportstyle, os têxteis a aumentarem 21,3% e os acessórios a aumentarem 15,2%.

As vendas aumentaram 31% na América do Norte e do Sul e 22% na Europa, Médio Oriente e África, com a Rússia e os mercados emergentes a ganharem impulso. No entanto, as vendas na Ásia-Pacífico aumentaram apenas 1,7% devido às contínuas tensões na China, onde o grupo foi sujeito a boicotes, e ao encerramento de lojas devido a restrições sanitárias, como no Japão.


A Puma destaca o seu desempenho no terceiro trimestre - Puma


Em comparação com a Nike e a Adidas, a Puma mantém a sua especificidade de ter um modelo muito orientado para a saúde. Esta componente cresceu 22,6% para 1,47 mil milhões de euros no último trimestre. A sua componente de vendas diretas pesou cerca de 430 milhões de euros, mais 13,3%, com um aumento de 4% nas vendas online.

Finalmente, o grupo alemão registou uma melhoria no seu lucro operacional. O seu EBIT no terceiro trimestre foi de cerca de 229 milhões de euros, em comparação com os 189 milhões de um ano antes. Ao longo de nove meses, desde o início do seu exercício financeiro, o grupo registou um aumento do volume de negócios (reportado) de 35,6% para 5,038 mil milhões de euros para um lucro operacional de 492 milhões de euros em comparação com os quase 146 milhões do ano anterior.

"Esperamos que a forte procura dos nossos produtos continue, mas também vemos que as restrições de oferta continuam a ser um problema para o resto do ano", disse o diretor executivo da Puma, Bjorn Gulden, num comunicado.

Fábricas no Vietname, um importante fornecedor da indústria do calçado, foram encerradas devido à pandemia de COVID-19 e os proprietários das fábricas afirmaram que planeiam retomar totalmente as operações apenas a partir da segunda metade de 2022.

A líder da indústria Nike cortou a sua previsão de vendas para o ano fiscal de 2022, no mês passado, e disse esperar atrasos durante a época de compras de Natal devido a um estrangulamento na sua cadeia de abastecimento.

(Com a Reuters)
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.