×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
7 de jul. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Puma Iberia: vendas aumentaram 1% em 2020, embora lucros tenham caído 92%

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
7 de jul. de 2021

Apesar da pandemia, a Puma Iberia, empresa com a qual a empresa desportiva alemã opera em Espanha e Portugal, viu as suas vendas aumentarem 1% e situou a sua faturação nos 88,22 milhões de euros.


A Puma Iberia viu as suas vendas subirem 1 % em 2020 - Puma - Facebook


Por outro lado, a filial viu os seus lucros reduzidos em 92%: o lucro líquido caiu para 347 748 euros, de acordo com as últimas contas depositadas pela empresa no Registo Mercantil e segundo o jornal económico espanhol Expansión. Esta redução deve-se ao facto de a empresa ter multiplicado por quatro o seu pagamento de impostos e de, em 2019, a venda da sua atividade a retalho à Puma Europa ter gerado receitas de 3,17 milhões de euros.
 
Tal como a Puma Iberia mantém nas suas contas, “o apoio à distribuição representou um travão em termos de evolução do rácio da margem bruta”, o que se traduziu “num impacto evidente no resultado operacional”.

Adicionalmente, a divisão da empresa para o mercado ibérico apresentou um resultado operacional de 4,68 milhões de euros, valor 27% inferior ao do ano anterior.
 
Por categoria de produto, as vendas de vestuário aumentaram 5,4% para 43,63 milhões de euros; o calçado desportivo caiu 0,7% para 39,26 milhões de euros; a venda de acessórios apresentou a maior redução, 16%, e situou o seu volume de negócios em 5,32 milhões de euros.

Segmentando por mercados, o espanhol diminuiu a sua faturação em 2,3%, para 83,08 milhões de euros, enquanto o negócio europeu da filial cresceu 126% para representar 5,14 milhões de euros.
 
Nas suas contas, a Puma Iberia refere os seus patrocínios a vários jogadores de futebol, bem como à LaLiga e ao Valencia CF como uma das suas alavancas de crescimento, mantendo que o confinamento, o encerramento das lojas e a incerteza prejudicaram a estabilidade do seu negócio.

No final do exercício (31 de dezembro de 2020), a filial contava com um quadro de funcionários de 138 pessoas (os funcionários de suas lojas de venda a retalho fazem parte da Puma Europa). Olhando para 2021, a empresa prevê uma “nova melhoria nos resultados de vendas” e um “crescimento nos resultados operacionais”.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.