×
305
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
DAMA DE COPAS
Consultora de Lingerie
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 16h - Eci Lisbon
Efetivo · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Temporario · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Figueira da Foz
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de mar. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

PVH encerra um 2021 estelar com aumento de 28% nas vendas

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de mar. de 2022

A PVH Corp. anunciou, na terça-feira (29 de março), que a sua receita e lucro superaram todas as previsões  no quarto trimestre. A empresa proprietária de marcas como Calvin Klein e Tommy Hilfiger, encerrou 2021 com um aumento de 28% no lucro e margens operacionais acima dos níveis pré-pandémicos.


A receita de 2021 aumentou 28% para 9,155 milhões de dólares(8,29 milhões de euros), em comparação com 2020 - Calvin Klein


A empresa, com sede em Nova Iorque, disse que a receita do quarto trimestre aumentou 16% (20% em moeda constante) para 2,43 mil milhões de dólares (2,20 mil milhões de euros), em comparação com o mesmo período do ano anterior, apesar das interrupções contínuas na cadeia de abastecimento e logística e do impacto da pandemia do coronavírus COVID-19.

Esses números refletem os bons resultados dos negócios internacionais da empresa, impulsionados, principalmente, pelas atividades na Europa. As vendas online aumentaram 10% e as vendas diretas ao consumidor aumentaram 13%. A receita do comércio grossista teve, por sua vez, uma subida de 20% devido ao impacto favorável da mudança no calendário de remessa por grosso dos EUA do terceiro para o quarto trimestre, como resultado de dificuldades logísticas em outubro.

Por marca, a receita da Tommy Hilfiger no ultimo trimestre aumentou 18%, graças ao incremento de 20% nas vendas internacionais e de +14% no mercado norte-americano. As vendas trimestrais da Calvin Klein aumentaram 27%, impulsionadas por uma alta de 32% na América do Norte e de 24% internacionalmente.

O lucro líquido do trimestre ascendeu a 390,8 milhões de dólares (353,97 milhões de euros), o que representa um regresso à normalidade face ao prejuízo trimestral do ano anterior de 58,1 milhões de dólares (52,63 milhões de euros), conforme divulgado pela empresa em comunicado.

"Entregamos uma receita e lucro sólidos no quarto trimestre, acima das expectativas", declarou Stefan Larsson, CEO da PVH Corp. "Em 2021, executamos as nossas prioridades de recuperação acelerada, alcançando margens operacionais acima dos níveis pré-pandemia de 2019 e à frente das nossas projeções, impulsionados por uma forte expansão da margem bruta, posicionando a PVH ainda melhor para conquistar o consumidor neste 'novo normal' e oferecer um crescimento lucrativo sustentável a longo prazo".

A receita do ano inteiro de 2021 aumentou 28%, para 9.155 milhões de dólares (8,29 milhões de euros), mais 26% em moeda constante, em comparação com 2020; enquanto a receita dos canais digitais cresceu aproximadamente 30% em relação a 2020. Por marca, a receita da Tommy Hilfiger cresceu 29%, enquanto a Calvin Klein cresceu 39%.

O lucro líquido do ano foi de 952 milhões de dólares (862,29 milhões de euros), recuperando perdas de 1,1 mil milhões de dólares (mil milhões de euros) em 2020.  Para 2022, a PVH espera um crescimento de receita de 2%-3%.

"Olhando para o futuro, estamos confiantes na robustez e força dos nossos negócios e na nossa capacidade de impulsionar um forte crescimento de receita e lucros, com o respaldo daquilo que está sob o nosso controlo, apesar do aumento da volatilidade macroeconómica e geopolítica nos últimos meses, incluindo a guerra na Ucrânia, o impacto da pandemia global e as pressões inflacionárias que vemos em todas as nossas regiões", acrescentou Larsson.

"Enfrentaremos os desafios em 2022 e faremos isso alavancando a marca e os produtos das nossas duas marcas internacionais mais icónicas, Calvin Klein e Tommy Hilfiger, fortalecendo o digital, aprimorando ainda mais o nosso envolvimento do consumidor e impulsionando a eficiência através de investimentos nas nossas áreas estratégicas de crescimento", concluiu o executivo.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.