×
Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
30 de ago. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

PVH: lucro da proprietária da Calvin Klein sobe 38%, levando a aumento da previsão

Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
30 de ago. de 2018

A produtora de vestuário PVH Corp anunciou na quarta-feira um aumento de 38% no lucro do segundo trimestre e elevou as suas previsões de lucro para o ano, impulsionada pelas vendas mais elevadas das suas marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger.


Instagram: @calvinklein


A empresa espera agora ganhos de 9,20 a 9,25 dólares por ação, em comparação com a sua previsão anterior de 9,05 a 9,15 dólares por ação.
 
A fabricante de vestuário com sede em Nova Iorque, tal como a Tapestry e a Ralph Lauren, retirou os produtos com grandes descontos das prateleiras dos grandes armazéns para recuperar o seu status de marca premium.

"Estamos a aumentar a nossa orientação de receita e lucros para o ano, enquanto continuamos a adotar uma abordagem prudente no planeamento do nosso negócio no segundo semestre do ano, à medida que experimentamos uma crescente volatilidade macroeconómica e geopolítica em todo o mundo", disse na quarta-feira o diretor executivo da PVH Corp Emanuel Chirico num comunicado de imprensa.

Muitos retalhistas americanos estão a preparar-se para o impacto das tarifas impostas pela administração Trump aos produtos chineses.
 
Chirico disse que cerca de 400 milhões de dólares dos seus produtos são produzidos na China para o mercado americano.
 
"Pode haver um impacto das tarifas, embora não seja um componente assim tão grande para nós", disse à CNBC.

As ações da PVH caíram 1,6% na negociação after-hours na quarta-feira. Até ao momento, as ações da empresa subiram cerca de 13% no ano.
 
A PVH investiu na melhoria das experiências do consumidor online e offline, facilitando as transações. A empresa acredita que ao fazê-lo poderá chegar melhor aos compradores, especialmente às gerações mais jovens.
 
Segundo a PVH, as vendas da Calvin Klein subiram 18% no trimestre reportado, enquanto a Tommy Hilfiger reportou um crescimento 15% nas vendas.

O lucro líquido atribuível à empresa subiu para 165,2 milhões de dólares, ou 2,12 dólares por ação, nos três meses encerrados a 5 de agosto, de 119,7 milhões de dólares, ou 1,52 dólares por ação, um ano antes.
 
Excluindo itens, a PVH ganhou 2,18 dólares por ação, mais 8 cêntimos do que a estimativa média dos analistas de 2,10 dólares, apurada pela Thomson Reuters I/B/E/S.
 
As vendas líquidas aumentaram 13,2%, para 2,22 mil milhões de dólares.

© Thomson Reuters 2023 Todos os direitos reservados.