×
279
Fashion Jobs
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
TIFFOSI
Area Manager (m/) - Zona Norte
Efetivo - CLT · Braga
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
M+RC NOIR
Production Manager
Efetivo - CLT · ESPOSENDE
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
THE AMAZING FRENCH COLONY
Fashion Designer Assistant
Estágio · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Trabalho temporário · LISBOA
ELSA GOES GREEN
Business Development
Estágio · ERICEIRA
CH CAROLINA HERRERA
Vendedores Eci Lisboa (36 h)
Trainee · LISBOA
CONFIDENCIAL
Stylist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
SALSA
Conseiller(es) de Vente Avenue 83 Toulon 30h
Efetivo - CLT · Toulon
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Eci Lisboa - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Team Leader o2c Credit And Collections (m/ f) - German Speaker
Efetivo - CLT · Porto
PARFOIS
Interior Designer
Efetivo - CLT · PORTO
ADIDAS
Tax Accountant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior o2c Credit And Collections Specialist (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Gbs Process Manager s2p (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Oeiras Parque - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Oeiras
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Aveiro - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Aveiro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Figueira da Foz

PVH vai separar-se da divisão Heritage Brands

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
20 de jul de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O PVH Corp, o grupo proprietário das marcas Tommy Hilfiger e Calvin Klein revelou que deseja separar-se de seu portfólio de marcas Heritage Brands, para impulsionar uma recuperação da sua atividade na América do Norte, fortemente afectada pela pandemia de COVID-19. 


Van Heusen é uma das principais marcas do portfólio Heritage Brands do PVH - Instagram: @vanheusenstyle


Entre as marcas estão a Van Heusen, Geoffrey Beene, Izod, Arrow, Warner, True & Co. Olga e outras. A divisão possui 162 boutiques, sendo a maioria da rede de lojas físicas Van Heusen.

Segundo o grupo PVH, as lojas desta divisão devem permanecer abertas até meados de 2021. Os planos para reestruturar os negócios na América do Norte também envolvem a demissão de 450 funcionários da região, ou 12% da sua força de trabalho. As demissões envolverão as três linhas de negócios da PVH e a sua sede, e espera-se que o grupo economize aproximadamente 80 milhões de dólares ao ano (70 milhões de euros).

"As mudanças estruturais que afectam a distribuição na América do Norte  obrigaram-nos a estudar de perto a nossa atividade no continente para identificar possibilidades de optimizar os custos do nosso modelo de negócios", disse num comunicado o presidente e CEO da PVH, Manny Chirico.

"É por isso que tivemos que dar o passo incrivelmente difícil de nos separar de nosso portfólio Heritage Brands e eliminar um número significativo de posições na nossa organização na América do Norte, para compensar a queda na receita. Essas decisões não foram fáceis, porque o portfólio Heritage Brands é o mais antigo dos nossos segmentos. Infelizmente, o retorno do investimento não é suficiente", lamentou.


Tommy Hilfiger - primavera-verão 2020 - Womenswear - Nova Iorque - © PixelFormula


"A crise do COVID-19 está a redefinir inteiramente os contornos do retalho e acreditamos que os efeitos serão sentidos a longo prazo e que o comportamento de compra do consumidor mudará de maneira duradoura", acrescentou o presidente da PVH, Stefan Larsson. "Estamos a adaptar as nossas atividades e precisamos reequilibrar a nossa base de custos para melhorar a competitividade e garantir o fluxo de caixa. Estamos no processo de realocação de recursos para nossas as atividades mais rentáveis", acrescentou.

Essas decisões estratégicas podem significar um custo inicial para o PVH de cerca de 80 milhões de dólares (70 milhões de euros) nos próximos 12 meses, dos quais 10 milhões seriam não monetários. Espera-se que esses encargos sejam relacionados principalmente com os custos de demissões, rescisões de contratos de arrendamentos e liquidação de stocks, bem como com a redução ao valor recuperável de ativos não monetários.

PVH é o nome mais recente de uma longa lista de grupos de moda americanos que anunciaram medidas drásticas para superar os desafios financeiros causados ​​pela crise do novo coronavírus. Depois de desistir das atividades da Umbro e Starter na China, o grupo Iconix, com sede em Nova Iorque, está a estudar opções, incluindo uma possível venda ou fusão. Recentemente, o RTW Retailwinds pediu falência, assim como o J.C. Penney, Brooks Brothers, J.Crew e Neiman Marcus haviam feito anteriormente.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.