×
306
Fashion Jobs
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
16 de nov de 2020
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Quando as empresas de fatos de banho a seguir de perto são apresentadas na Gran Canária

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
16 de nov de 2020

A Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida (GCSWMC) apresentou 38 estilistas, 20 desfiles de moda e quase 50.000 espetadores via Internet, com um aumento de 525% nas visualizações em comparação com 2019. Estes foram alguns dos números-chave da última edição em formato híbrido da GCSWMC. Com base nas coleções, marcadas por um estilo positivo e leve, bem como por um compromisso geral com a sustentabilidade, o site FashionNetwork.com destaca as marcas a não perder de vista no panorama dos bíquinis e fatos de banho. 


TCN - Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida


A espanhola TCN, referência mundial do universo beachwear, fundada em 1986, regressou à passerelle com um desfile individual.

"A TCN é, acima de tudo, uma empresa balnear emblemática e pioneira no setor em Espanha. Estar aqui foi a coisa mais coerente a fazer", disse Evelyn Fernández, diretora de Comunicação da TCN, sobre o regresso da marca às passerelles após três anos de ausência. A TCN apresentou uma coleção fiel às suas origens e ao estilo de vida boho-chic, que incluía a presença de modelos renomadas como Helen Lindes e Joana Sanz.

Ao mesmo tempo, a sua diretora criativa, Clara Esteve, apresentou também a coleção da outra marca, All That She Loves. "A empresa nasceu em torno do trabalho de tingimento de vestuário", explicou sobre o estilo que caracteriza as propostas. "Para mim, o tie-dye não é uma tendência passageira, mas o conceito da marca", declarou ainda, defendendo o carácter sustentável, artesanal e único das suas peças de vestuário.


Voke Swimwear - Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida


Desde a última edição, a primeira cuja organização foi realizada conjuntamente com a IFEMA, dois dos eixos mais importantes no crescimento da passerelle desta ilha das Canárias espanholas, são a internacionalização e a sustentabilidade. Ideias que foram refletidas com a primeira participação no evento da Voke, uma empresa portuguesa criada em 2014 pelas jovens designers Inês Franco e Sofia Charola, que apresentou Out to the Sea, into your Heart, a sua coleção para a próxima primavera-verão 2021. Uma linha sustentável composta por 16 conjuntos para os quais a dupla criativa utilizou lycras baseadas em fio de Econyl, feitas a partir de redes de pesca e outros resíduos plásticos recolhidos nos oceanos.


Como la trucha al trucho - Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida


"Como não sabemos o que vai acontecer no próximo ano, decidimos lançar uma coleção que é mais comercial do que uma para desfiles", comentaram Amanda Gutiérrez e Adonais Sarmiento, fundadores da Como la Trucha al Trucho. Criada em 2014, a marca das Ilhas Canárias, conhecida pelas suas estampas exclusivas e cores intensas, é uma das essenciais na passerelle de moda de fatos de banho. Para esta ocasião, a firma criou um retrato de família na sua coleção True Chill, num jogo de palavras com o nome da marca e referências estéticas à obra cinematográfica de Wes Anderson. Roupões de banho, toalhas à volta do cabelo ou vestidos leves deram o "toque caseiro" de conforto, numa clara ligação com o recente confinamento.


All Sisters - Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida


Também sob o chapéu da sustentabilidade surgiu a proposta We Love the Future da firma All Sisters de Barcelona. Com um estilo surfista, a marca apresentou uma série de peças que misturam moda e desporto, todas em tons pastel, com um corte minimalista e uma produção local. Nota positiva: a marca também apostou no movimento Body Positive (Corpo Positivo), fazendo desfilar modelos de diferentes tamanhos e tipos de corpo.


Laut Apparel - Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida


A originalidade foi recompensada. E, se não, que o digam à Laut Apparel, a marca que recebeu o prémio para a melhor coleção emergente 2020 pela sua "projeção internacional, a execução impecável do seu espetáculo e pelo seu estilo inovador". A firma local, encarregada de abrir a passerelle no seu primeiro dia, propôs uma coleção de 19 looks intitulada Zafra. Segundo a marca, o seu designer e fundador, Nisamar Carrero, inspirou-se em mulheres que trabalharam a terra e embalaram tomates, como forma de ajudarem as suas famílias no pós-guerra. Um tributo ao passado, em estampas e tecidos com clara referência à agricultura.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.