×
275
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Vendedor/a - 30h - Chiado
Temporario · LISBOA
Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de mai. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Ralph Lauren regista perda trimestral maior do que a prevista

Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de mai. de 2020

A Ralph Lauren Corp registou, quarta-feira (27 de maio), uma perda trimestral maior do que a prevista, uma vez que as lojas em todo o mundo que vendem as suas peças foram obrigadas a fechar devido à pandemia de COVID-19.

As ações da empresa sediada em Nova Iorque, que, até agora, caíram mais de 30% este ano, desceram 2,5% nas transações pré-mercado.

As capitais da moda nos EUA, França e Itália, cessaram a atividade comercial, durante grande parte dos dias dos meses de março e abril, para ajudarem a travar a propagação do novo coronavírus, congelando as vendas das empresas de artigos de luxo.


Ralph Lauren - primavera-verão 2020 - Womenswear - Nova Iorque - © PixelFormula


Embora quase metade das lojas da Ralph Lauren na América do Norte estejam agora abertas, não se espera que a procura de vestuário por parte das empresas de moda topo de gama recupere rapidamente, à medida que a economia global entra numa profunda recessão.

A Ralph Lauren disse esperar que os seus resultados fiscais de 2021 sejam também significativamente atingidos pela crise de saúde.

A receita líquida caiu 15,4% para 1,27 mil milhões de dólares no quarto trimestre terminado a 28 de março, mas ficou ligeiramente acima da estimativa média dos analistas de 1,22 mil milhões de dólares, de acordo com os dados do IBES da Refinitiv.

A empresa reportou uma perda líquida de US$ 249 milhões, ou US$ 3,38 por ação, em comparação com um lucro de US$ 31,6 milhões, ou 39 centavos de dólar por ação, um ano antes.

Excluindo certos itens, perdeu 68 cêntimos por ação, enquanto os analistas esperavam uma perda de 40 cêntimos. 
 

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.