×
374
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Receita trimestral da Coty não atinge estimativas

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 6 de nov de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A fabricante de cosméticos Coty Inc. registou uma receita trimestral abaixo das estimativas de Wall Street, atingida pelas vendas lentas no seu maior negócio, a divisão Consumer Beauty.


Photo: Bourjois


O lucro líquido da empresa no trimestre encerrado a 30 de setembro foi de 52,3 milhões de dólares, ou 7 cêntimos por ação, contra uma perda de 12,1 milhões de dólares ou 2 cêntimos por ação, no mesmo período do ano passado. A receita líquida, por sua vez, caiu 4,4%, para 1,94 mil milhões de dólares, enquanto os analistas esperavam 1,97 mil milhões de dólares, segundo dados IBES da Refinitiv.

O CEO da Coty, Pierre Laubies, comentou: "O 1T trimestre foi o primeiro da implementação do nosso plano de recuperação. Com a Younique excluída dos nossos resultados a partir de setembro, também começámos a ver algumas melhorias na divisão Consumer Beauty. Essas melhorias incluem crescimento de receita e ganho participação de mercado em marcas selecionadas na Europa, forte desempenho na Sally Hansen nos Estados Unidos, e algum progresso inicial na Covergirl. Em toda a organização, as nossas equipas estão a construir um negócio melhor, incluindo trade-offs, favorecendo vendas saudáveis ​​e sustentáveis. A melhoria da margem no trimestre é um reflexo do nosso progresso nessa área. Com a entrega consistente da nossa divisão Luxury num ambiente mais volátil e o forte desempenho da divisão Professional Beauty, o nosso primeiro trimestre mostrou que estamos no caminho certo para a recuperação.” 

Já o CFO da Coty, Pierre-André Terisse, declarou: "O início do ano ficou em linha com as nossas expectativas em todas as principais métricas financeiras, incluindo receita líquida, receita operacional ajustada, EPS ajustado e fluxo de caixa livre. Mais importante, a nossa equação está mais saudável, e a significativa melhoria da margem bruta permitiu-nos reinvestir atrás das nossas marcas. Isso transmite confiança na nossa capacidade de cumprir as nossas metas para o ano. À medida que continuamos a explorar como acelerar a transformação da Coty, com uma revisão estratégica que já atraiu forte interesse, continuaremos a concentrar-nos nos próximos trimestres nos fundamentos da nossa recuperação: implementar a excelência operacional, melhorar o desempenho da nossa cadeia de abastecimento, expandir a margem bruta para apoiar as nossas marcas, otimizar a organização e manter disciplina em caixa e custos.” 

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.