×
349
Fashion Jobs
GRUPO CÃES DE PEDRA
Head of Marketing / Brand Manager
Efetivo - CLT · PORTO
ADIDAS
Senior Sap Apo (Snp/Ibp) Consultant
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Sap Apo (Snp/Ibp) Consultant
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior Technology Consultant Sap (Afs) Fico (Finance & Controlling)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior HR Specialist - Core Benefits & Time - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
CRM Specialist - Opportunity to Create Impact on The Value And Customer Loyalty
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior Technology Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Technology Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
TIFFOSI
Coordenador Logística (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
GRUPO CÃES DE PEDRA
Diretor(a) Creativo Moda Hombre / Mujer
Efetivo - CLT · VILA DO CONDE
GRUPO CÃES DE PEDRA
Designer de Comunicação / Designer Gráfico (m/f)
Efetivo - CLT · VILA DO CONDE
TIFFOSI
Modelo de Provas
Efetivo - CLT · Porto
WETHEKNOT
Copywriting And Digital Content Creator
Estágio · LISBOA
ISABEL MARANT
Store Manager
Efetivo - CLT · LISBOA
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
24 de fev de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Regras de imigração no Reino Unido pós-Brexit podem afetar setor da moda

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
24 de fev de 2020

As mudanças pós-Brexit nas regras de imigração que estão a ser planeadas pelo governo do Reino Unido poderão ser uma má notícia para a confeção têxtil no Reino Unido, dizem os analistas.


AFP


A GlobalData advertiu que os cidadãos da União Europeia (UE) que desejem trabalhar no Reino Unido deverão cumprir os mesmos critérios que os trabalhadores não pertencentes à UE com o novo sistema baseado em pontos, que poderá deixar de fora os trabalhadores de que o setor precisa.
 
A partir de janeiro do próximo ano, os vistos serão negados a trabalhadores pouco qualificados da UE, sob um sistema destinado a atrair os "melhores e mais brilhantes" talentos de todo o mundo.

Hannah Abdulla, correspondente de vestuário da GlobalData, declarou: "O Ministério do Interior já confirmou que estima que 70% da atual força de trabalho da UE não cumpriria os requisitos das rotas de trabalhadores qualificados. Isso poderá ser problemático para o setor da confeção têxtil do Reino Unido, principalmente porque este depende muito dos trabalhadores da Europa de Leste.”

"Com o Reino Unido à procura de aumentar a sua capacidade de produção, este último passo poderia ser um revés", acrescentou.
 
Além disso, Abdulla acrescentou que uma das preocupações é a demanda por uma qualificação formal. "Existem muitos trabalhadores altamente qualificados no setor, como os maquinistas, que não têm necessariamente as qualificações formais para o provar", explicou.
 
"A menos de um ano de entrarem em vigor as novas normas, as fábricas no Reino Unido terão dificuldades para fazerem as substituições a tempo”, alertou. “Em última instância, as novas normas limitarão o crescimento do setor", sentenciou.
 
O aviso faz eco daqueles que foram dados sobre outros setores, como o retalho e a agricultura, nos quais o Reino Unido depende muito de mão de obra migrante e não pode necessariamente substituí-la por trabalhadores devidamente qualificados da sua população residente.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.