Reis de Espanha visitam expositor português na ARCOmadrid 2017

Os reis de Espanha e o presidente da Argentina visitaram um dos expositores portugueses durante a inauguração da Feira Internacional de Arte Contemporânea ARCOmadrid, tendo sido recebidos pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

O autarca Fernando Medina está em Madrid numa ação de promoção da segunda edição da feira internacional de arte contemporânea ARCOlisboa, que se realiza de 18 a 21 de maio na Fábrica Nacional de Cordoaria e é também organizada pela Feira Internacional de Madrid (IFEMA).

Letizia e Felipe VI de Espanha - Foto: AFP

A visita à galeria de Filomena Soares por parte do rei Felipe VI e do presidente argentino, Mauricio Macri, “é uma forma clara de transmitir o apoio a esta cooperação [entre as cidades de Lisboa e Madrid] através da arte contemporânea”, disse Medina à agência Lusa.

A 36.ª edição da ARCOmadrid, que termina no domingo e tem a Argentina como país convidado, pretende ter como eixo central “a qualidade e a sua consolidação como feira de descobrimento de novos talentos e conteúdos para colecionadores e profissionais”.

A Câmara de Lisboa e a IFEMA-ARCOmadrid organizam hoje um almoço para apresentar a nova edição da ARCOlisboa que se realiza daqui a menos de três meses.

“É importante para Lisboa estar cada vez mais nos circuitos internacionais de arte contemporânea”, disse Fernando Medina.

A ARCOmadrid reúne um total de 200 galerias de 24 países, sendo 66,5% galerias estrangeiras, com destaque para as latino-americanas (40% do segmento internacional).

A maior parte das galerias portuguesas presente no evento participa no programa geral: 3+1 Arte Contemporânea, Baginski, Cristina Guerra Contemporary Art, Filomena Soares, Graça Brandão, Pedro Cera, Vera Cortês, de Lisboa, e Múrias Centeno e Quadrado Azul, que têm sede no Porto, bem como Mário Sequeira, de Braga.

No programa Opening – dedicado a galerias criadas há menos de sete anos - participam mais três: Kubik Gallery, do Porto, e os estreantes Madragoa e Pedro Alfacinha, de Lisboa.

Incluído no programa da ARCOmadrid 2017, pelo sexto ano consecutivo, está o Encontro de Museus da Europa e da Ibero-américa, com o objetivo de “impulsionar sinergias entre representantes de museus, comissários e outros profissionais”.

O português João Fernandes, diretor-adjunto responsável pela área da Conservação, Investigação e Difusão do Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia, é um dos responsáveis pela condução da reunião dos 30 diretores e outros representantes dos museus presentes.

Copyright © 2018 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.

DecoraçãoArte na mesaHotelariaGourmetModa - DiversosSalões de Moda
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER