×
563
Fashion Jobs
ADIDAS
Manager HR Learning & Development Gbs Porto (m/f)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager
Efetivo · Lisbon
FARFETCH
Menswear Styling Editor
Efetivo · GUIMARÃES
ADIDAS
HR Specialist Gbs - Offboarding (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist HR Specialist Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Associate HR Specialist (M/F/D) - Gbs Operations - Benefits
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist (M/F/D) - Gbs Operations - German Speaker - Bik
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner_sport Zone(m/f)
Efetivo · Maia
JD SPORT
Footwear Buyer
Efetivo · Alicante
CH CAROLINA HERRERA
Area Manager
Efetivo · LISBOA
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/Bw-Ip/Fico (m/f) 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer - French Speaker
Efetivo · Porto
ADIDAS
Technology Consultant - Retail sd/mm (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Quality Manager - Oportunidade de Trabalhar o Produto Para Atingir Uma Qualidade de Excelência
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
JD SPORT
Demand Planner_Sport Zone(m/f)
Efetivo · Maia
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Braga
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de nov. de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Relatório "Asia Lifestyle Consumer Profile" : consumidores chineses valorizam reputação da marca, experiências envolventes e materiais naturais

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de nov. de 2021

A importância da Ásia como mercado para marcas de estilo de vida, moda e cosméticos está firmemente estabelecida há já algum tempo, e com a confiança dos consumidores na região, tendo feito uma recuperação relativamente rápida após a turbulência causada pelo COVID-19, o continente está mais atrativo do que nunca. Contudo, como muitas empresas ocidentais descobriram em seu detrimento, o comportamento do consumidor na região pode variar muito de mercado para mercado. É aí que entra o último relatório do Bluebell Group, "Asia Lifestyle Consumer Profile", acompanhando algumas das mais importantes tendências de consumo na região, incluindo revelações sobre mercados chave como a China.
 

Segundo 95% dos consumidores inquiridos pela Bluebell na China Continental, a reputação da marca é uma consideração chave para estes - Photo: Shutterstock


De acordo com o relatório, a China Continental é o mercado asiático onde os consumidores se sentem atualmente mais positivos a respeito do futuro, com um impressionante 97% dos inquiridos pela Bluebell a expressar esta opinião. A Coreia do Sul ocupa o segundo lugar no ranking de positividade dos consumidores, com 85%; enquanto Hong Kong e Taiwan empatam em terceiro lugar com 77%. Escorregando mesmo atrás destes consumidores está o Sudeste Asiático (Singapura e Malásia), onde 76% afirmaram sentir-se positivos em relação ao futuro; enquanto que o Japão fica atrás com 51%.
 
A Bluebell atribui a esmagadora positividade do sentimento do consumidor chinês continental ao facto de o mercado ter experimentado um bloqueio relativamente curto relacionado com a pandemia de COVID-19, e de a aprovação pública das restrições pandémicas ter sido geralmente elevada.

Outro ponto em que os consumidores da China Continental estão em quase total consenso é a importância da reputação da marca ao adquirirem produtos: 95% dos consumidores do mercado afirmaram que a reputação da marca é uma consideração fundamental para quando estes consideram quais os produtos a comprar. O número foi de 91% em Taiwan, 88% em Hong Kong, 85% na Coreia do Sul e 75% no Japão. Dos seis mercados abrangidos pelo estudo da Bluebell, o Sudeste Asiático é aquele em que a reputação da marca parece ser menos importante, com um 71% dos consumidores a dizerem que é uma consideração fundamental para os mesmos.
 
Um dos mais importantes desenvolvimentos na indústria do estilo de vida nos últimos anos tem sido o impulso para criar experiências únicas para os clientes, e os consumidores na China Continental também parecem ser muito favoráveis a esta tendência. Sendo que 94% dos inquiridos pela Bluebell disseram que estariam inclinados a escolher uma marca premium ou de estilo de vida com base no facto de esta lhes oferecer experiências, seja através de eventos, tecnologia, entretenimento ou mesmo elementos de jogo.
 
Taiwan e Hong Kong são igualmente positivos quanto à tendência, com 90% e 83% dos consumidores nestes mercados a concordarem que poderiam ser influenciados desta forma, seguidos por 80% na Coreia do Sul e 77% no Sudeste Asiático. De novo, os consumidores japoneses mostraram-se mais reservados na matéria, com apenas 47% a dizer que seriam persuadidos a escolher uma marca com base neste tipo de experiência.
 
Os consumidores na China Continental também estão no topo das tabelas quando se trata de selecionar marcas naturais. Sendo que 95% deles disseram que preferem comprar produtos a empresas que utilizam ingredientes ou materiais naturais, uma afirmação com a qual 89% dos consumidores de Taiwan e 85% dos consumidores de Hong Kong também concordaram. Noutros lugares, 78% dos consumidores tanto no Sudeste Asiático como na Coreia do Sul disseram que preferem marcas naturais, enquanto que no Japão o número foi de 69%.
 
Curiosamente, embora os consumidores valorizem mais ou menos consistentemente os produtos naturais em toda a região, a sustentabilidade ainda não parece ser uma grande preocupação. De facto, em todos os mercados exceto no Japão, mais de 70% dos consumidores afirmaram que a sustentabilidade não estaria nos seus três principais fatores de decisão na compra de marcas de primeira qualidade. No Japão, a percentagem foi de 58%.
 
Outra grande tendência que ainda não parece ter encontrado o seu fundamento na Ásia é a moda de segunda mão. Apenas 57% dos consumidores na China Continental, por exemplo, disseram que estariam abertos à compra de vestuário e acessórios em segunda mão. O mercado com maior interesse na moda em segunda mão é a Coreia do Sul, onde 70% dos consumidores disseram estar abertos à ideia, enquanto que o Japão entrou no extremo oposto do espectro, com apenas 48% dos consumidores a dizerem que considerariam a compra de vestuário e acessórios em segunda mão.
 
Fundada em 1954, a Bluebell gere atualmente uma rede de distribuição que inclui cerca de 650 pontos de venda em toda a Ásia. O relatório da empresa "Asia Lifestyle Consumer Profile" baseou-se num inquérito a 2.100 consumidores de estilo de vida premium em seis mercados-chave na região.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.