×
355
Fashion Jobs
GRUPO CÃES DE PEDRA
Head of Marketing / Brand Manager
Efetivo - CLT · PORTO
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
UNREAL FIELDS
Creative/Art Director
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Commercial Product Manager - Work With Product in The Fashion Business
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Trainee · LISBOA
SALSA
Industrial Improvement Manager – Tinturaria/Lavandaria/Acabamentos Especiais
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alegro Alfragide - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Carnaxide
GRUPO CÃES DE PEDRA
Diretor(a) Creativo Moda Hombre / Mujer
Efetivo - CLT · VILA DO CONDE
EUGÉNIO CAMPOS JEWELS
Assistente Loja Online (E-Commerce)
Estágio · VILA NOVA DE GAIA
LES ATELIERS LISBOETES
Associate in Digital Marketing And E-Commerce - Estágio 6 Meses
Estágio · LISBOA
LION OF PORCHES
Editor de Imagem/Vídeo (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Almada Fórum - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Almada
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Loures Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Loures
SYSTEMACTION
Vendedor
Estágio · LISBOA
THE KOOPLES
Sales Assistant Part Time (20h) Lisboa
Trabalho temporário · LISBOA
Por
Portugal Textil
Publicado em
3 de mai de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Retalhistas dizem “não” ao plástico

Por
Portugal Textil
Publicado em
3 de mai de 2018

Alguns dos mais importantes retalhistas no Reino Unido comprometeram-se recentemente com o Pacto de Plástico, iniciativa cujo objetivo é cortar no desperdício de plástico até 2025 e travar a poluição dos oceanos.


A Sainsbury’s, Morrisons, Aldi, Asda, Lidl, Marks & Spencer, Waitrose e a Tesco já aderiram à nova iniciativa do sector que ambiciona que todas as embalagens de plástico sejam recicláveis, recicladas ou biodegradáveis até 2025.

Mas não foram as únicas signatárias – a Coca-Cola e a Procter & Gamble também esperam mudar a dinâmica da utilização de plástico nos próximos sete anos.

A iniciativa reúne, além do Governo britânico, associações comerciais e, no total, mais de 40 empresas já assinaram o Pacto de Plástico do Reino Unido.

As entidades que aderiram ao pacto são responsáveis por cerca de 80% das embalagens de plástico vendidas nos supermercados britânicos. Um dos objetivos do Pacto de Plástico do Reino Unido é conseguir que 30% de todas as embalagens de plástico incluam material reciclado.

No Reino Unido, os retalhistas pagam menos do que qualquer outro país europeu para a manutenção dos resíduos, com 90% da conta a ser paga pelos contribuintes.

«A nossa ambição de eliminar o desperdício plástico só será percebida se o Governo, as empresas e o público trabalharem em conjunto», afirmou o secretário de Estado do meio ambiente, Michael Gove, ao portal Retail Gazette. «A ação da indústria pode impedir que o excesso de plástico chegue às prateleiras dos supermercados. Fico muito contente por ver tantas empresas assinarem este pacto e espero que outros sigam o exemplo», explicou.

A associação britânica WRAP, que defende uma economia sustentável, classificou o pacto como «uma oportunidade única».

Paralelamente, o Governo britânico prepara-se ainda para proibir a venda de vários artigos em plástico, como palhas, copos e cotonetes. A medida deverá avançar até ao final do ano, considerando que, anualmente, são descartados 8,5 milhões de palhas de plástico no Reino Unido, contribuindo para as toneladas de plástico que terminam nos oceanos e se transformam em microfibras que entram na cadeia alimentar dos consumidores.

Copyright © 2021 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.