×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
28 de set. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Riccardo Tisci deixa direção criativa da Burberry e será substituído por Daniel Lee

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
28 de set. de 2022

A Burberry fez na quarta-feira um anúncio que poderia ter caído como uma bomba caso não circulassem rumores há já algum tempo: Riccardo Tisci deixará o cargo de diretor criativo da marca britânica conhecida pelo seu famoso tartan. O seu substituto será Daniel Lee.


Burberry - outono-inverno 2022 - Moda Feminina - Londres - © PixelFormula


Após ter apresentado a sua última coleção (para a primavera-verão 2023) em Londres esta semana, Ricardo Tisci deixará o cargo no final do mês e Daniel Lee começará a 3 de outubro.
 
O antigo designer da Bottega Veneta ajudou a revigorar a marca de luxo italiana propriedade da Kering após sido diretor do design de prêt-à-porter da Celine, na qual ingressou em 2012. Também trabalhou para Maison Margiela, Balenciaga e Donna Karan.

No seu novo papel, Daniel Lee supervisionará todas as coleções da Burberry. O criador apresentará a sua primeira coleção na fashion week de Londres em fevereiro de 2023.


Daniel Lee - Foto de arquivo - Bottega Veneta


O CEO Jonathan Akeroyd qualificou-o como "um talento excecional, dotado de uma compreensão única do consumidor do luxo de hoje e de um sólido histórico de sucesso comercial”. O responsável acrescentou ainda: “A sua nomeação reforça as ambições que temos para a Burberry. Estou entusiasmado para trabalhar em estreita colaboração com ele e estou confiante de que terá o impacto que pretendemos nesta nova fase, apoiado pelas nossas talentosas e experientes equipas."

Por sua vez, a empresa declarou que "Riccardo decidiu sair após quase cinco anos, durante os quais liderou a transformação criativa da Burberry”. “Sob a sua direção criativa, a empresa revigorou a sua imagem de marca, introduzindo uma nova identidade visual e reavivando o monograma Thomas Burberry."
 
Também "modernizou e subiu a gama da sua oferta de produtos, atraindo uma comunidade de clientes mais jovem, mais diversificada e voltada para a moda e alinhando a experiência do cliente com o seu posicionamento de luxo".
 
Jonathan Akeroyd disse: "Riccardo desempenhou um papel fundamental no reposicionamento da Burberry. Aprimorou a nossa linguagem criativa, modernizou e elevou a nossa oferta de produtos e atraiu uma nova geração de clientes de luxo para a nossa marca. Em nome de todos os funcionários da Burberry, gostaria de lhe agradecer pela sua liderança criativa e desejar-lhe o melhor para o futuro."

E Ricardo Tisci acrescentou: "A Burberry é um lugar muito especial, com um passado mágico e um futuro muito promissor. O capítulo que me pediram para escrever na sua longa história é um capítulo do qual estou incrivelmente orgulhoso e que decidi que culminaria com o meu desfile de segunda-feira. Esforcei-me para dar continuidade a um legado de inovação e defendi consistentemente a criatividade e a diversidade, para que a Burberry siga sempre em frente. Gostaria de agradecer às minhas equipas, passadas e presentes, e ao exército de colaboradores e amigos que me ajudou a escrever um capítulo que espero que permaneça no futuro da Burberry nos próximos anos."

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.