Richemont nomeia Eric Vallat como novo diretor de marcas de moda e acessórios

O grupo suíço de luxo Richemont, proprietário das marcas Chloé, Lancel, Alaïa, Dunhilan e Shanghai Tang, nomeou Eric Vallat, que trabalhou em empresas como Louis Vuitton e Bonpoint, para o cargo recém-criado de diretor de marcas de moda e acessórios.


A carteira Faye Day da Chloé - Chloé

Anteriormente diretor geral da empresa de conhaque Rémy Martin e presidente da Mount Gay Rum, parte do grupo Rémy Cointreau, Eric Vallat também ingressa no conselho de diretores da Richemont e reportará diretamente ao CEO do grupo, Jérôme Lambert.

Formado pela HEC, Eric Vallat iniciou a sua carreira como analista do BNP Paribas, antes de entrar para o grupo LVMH, onde foi nomeado diretor geral da LVMH Europa. De 2004 a 2007, Vallat dirigiu a Christian Dior Couture no Japão, antes de assumir a liderança da J.M. Weston e, posteriormente, a presidência da marca infantil francesa Bonpoint.

O grupo Richemont - cujo portfólio também inclui marcas de joias de alto nível, como Cartier e Van Cleef & Arpels, de relógios, como Baume & Mercier e Jaeger-LeCoultre, e de moda e acessórios, como Alfred Dunhill, Chloé e Lancel - registou uma receita de 10,9 mil milhões de euros no seu último ano fiscal encerrado a 31 de março de 2018, um aumento de 3% em relação ao ano anterior.

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosNomeações
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER