×
314
Fashion Jobs
SACOOR BROTHERS
Brand Manager (m/f)
Efetivo · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Ubbo Alfragide
Efetivo · Lisboa
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Porto
SALSA
Conversion Rate Optimization Specialist – Otimizar a Experiência de Compra no Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
HR Specialist - Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager - Fulfilment Programs (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply / Fulfillment (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior HR Specialist - HR Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager - Portugal
Efetivo · Lisbon
Por
Agência LUSA
Publicado em
22 de dez. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Saldos proibidos entre 25 de dezembro e 9 de janeiro

Por
Agência LUSA
Publicado em
22 de dez. de 2021

Os saldos estão proibidos entre 25 de dezembro e 9 de janeiro, mas os consumidores vão poder fazer as trocas nas lojas até ao final do próximo mês, segundo uma nota do Conselho de Ministros.



De acordo com o comunicado, divulgado na terça-feira à noite, em matéria de proteção do consumidor e de venda em saldos, entre os dias 25 de dezembro de 2021 e 9 de janeiro de 2022 são proibidas, em estabelecimento, práticas comerciais com redução de preço.

“O prazo para o exercício de direitos atribuídos ao consumidor que termine entre os dias 26 de dezembro e 9 de janeiro, ou nos 10 dias posteriores àquele período, é prorrogado até 31 de janeiro de 2022”, é referido ainda.

O Governo aprovou na terça-feira um conjunto de medidas para controlar a pandemia de covid-19, tendo em conta a ameaça da nova variante Ómicron, que pode ser responsável por cerca de 90% das infeções no final do ano.

Decididas num Conselho Ministros que decorreu em Lisboa, estas medidas surgem cerca de um mês depois de o Governo ter, em 25 de novembro, aprovado uma estratégia de prevenção e combate à pandemia, que o surgimento recente da Ómicron obrigou a atualizar.

Entre as medidas anunciadas estão a antecipação do período durante o qual o teletrabalho é obrigatório, determinando que este regime vigora a partir das 00:00 do dia 25 de dezembro, e o encerramento de creches e ateliês de tempos livres (ATL), que estava previsto para a "semana de contenção" entre 03 e 9 de janeiro.

O encerramento de discotecas e bares com espaço de dança que o Governo definiu para o território continental na primeira semana de janeiro vai ser também antecipado, entrando em vigor a partir das 00:00 de sábado e prevendo apoios às empresas.

Passa a ser obrigatório um teste negativo para o acesso a hotéis e estabelecimentos de alojamento local a partir das 00:00 de 25 de dezembro, assim como para eventos empresariais e ainda festas familiares, como casamentos ou batizados.

O acesso a eventos desportivos e culturais dependerá também da apresentação de teste negativo ao coronavírus, independentemente do número de espetadores.

Foi também determinado que a lotação dos espaços comerciais vai passar a estar limitada a uma pessoa por cada cinco metros quadrados para evitar ajuntamentos que acontecem na semana a seguir ao Natal para trocas de presentes.

Os ajuntamentos na via pública de mais de 10 pessoas são proibidos na passagem de ano, assim como o consumo de bebidas alcoólicas nestes espaços públicos.

DD (PC/ROC/RCS/LT/RCP/JP/MYCA/JF/FP) // ROC (Lusa)

Copyright © 2022 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.