×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de jun. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Salone del Mobile: Armani/Casa está cada vez mais internacional

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de jun. de 2022

A Armani/Casa recebe, pela primeira vez, uma instalação especial dentro do Armani/Silos, o museu milanês de Giorgio Armani. Em 2020, o grupo de moda italiano queria comemorar o 20.º aniversário da sua coleção para casa em grande estilo, mas a pandemia de COVID-19 prejudicou os seus planos, adiando as celebrações para a Milano Design Week 2022, uma boa oportunidade para fazer um balanço do negócio, que em duas décadas não parou de se desenvolver.


O designer Giorgio Armani na mostra dedicada à sua linha Armani/Casa - Armani/Casa


Para comemorar, a marca de moda organizou uma mostra imersiva, com oito universos distintos em torno das diferentes inspirações que caracterizaram principalmente as suas coleções de móveis, como o Oriente, a China, o Japão, a era Art Déco dos anos 1930, viagens, movimento e água, o mundo da natureza e dos animais. Cada espaço, banhado em luz suave com um cenário digital de paisagens em movimento, apresenta algumas peças emblemáticas da Armani/Casa, bem como algumas novas criações.

Em particular, destacam-se os trabalhos de pesquisa sobre materiais e sensações táteis ou mesmo visuais. Da textura áspera das escamas de peixe, reproduzida na pele, que cobre uma escrivaninha, à mesa de mosaico em madeira, mármore, quartzo e madrepérola, passando pela superfície laqueada de um móvel ou leveza do bambu.

A marca Armani/Casa, que comercializa móveis, luminárias, tapeçarias, tapetes e tecidos desde 2000, expandiu e oferece agora uma linha completa para a casa, que inclui cozinhas, casas de banho e papéis de parede. Está presente em 29 países através de 40 lojas (cuja área média é de 300 metros quadrados), das quais sete são geridas diretamente (Milão, Paris, Londres, Tóquio e três nos Estados Unidos). Segundo a Armani, quatro novas inaugurações estão em andamento, duas na China e duas na Europa.


A cama "Morfeo" e o seu tecido de "seda líquida" - Armani/Casa


Esta divisão fortaleceu-se ao longo dos anos e agora emprega cerca de 100 pessoas. Desde 2004, o estúdio de design de interiores da Armani/Casa oferece também a clientes particulares e promotores imobiliários um serviço completo de consultoria em design de interiores, que inclui desde a criação conceptual, sob a direção artística de Giorgio Armani, até à supervisão da realização dos projetos.
 
A marca realizou vários projetos residenciais de luxo, em particular em Miami, Londres, Pequim, Telavive, Manila, Bombaim e Istambul. A divisão Armani/Casa também esteve envolvida no desenvolvimento dos hotéis Armani. O grupo abriu dois estabelecimentos, um em Milão e outro no Dubai, e anunciou recentemente um terceiro projeto perto de Riade, na Arábia Saudita, enquanto outras iniciativas estão também no radar.

Para a produção da sua linha de móveis, o grupo utiliza uma rede de artesãos radicados em Itália. Nos últimos dois anos, a empresa viu (assim como o mercado como um todo) uma retoma na procura por produtos domésticos de alta qualidade. A Armani/Casa beneficiou desta tendência e registou um crescimento de dois dígitos em quase todos os seus mercados, com destaque para os Estados Unidos, que se tornou o seu principal mercado.
 

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.