×
333
Fashion Jobs
ADIDAS
Senior Project Manager - Fulfilment Programs (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply / Fulfillment (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Operations Specialist (M/F/D) - HR Services
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Planning Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (F/M/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Hcm/sf Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Brand Operating Overheads (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Group Functions Controlling Legal (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Marketing Working Budget (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
8 de jun. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Salone del Mobile em Milão: Louis Vuitton celebra 10 anos de Objets Nomades e Hermès de leveza

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
8 de jun. de 2022

Sempre muito aguardadas, as instalações da Louis Vuitton e da Hermès em Milão durante o Salone del Mobile não dececionaram. A etiqueta da LVMH tomou conta de uma garagem dos anos 30, que esteve fora de uso durante 20 anos, no coração do Quadrilátero do Luxo, enquanto a Hermès se instalou no espaço histórico La Pelota, que acolheu torneios bascos únicos de 1947 a 1997.


"Objets Nomades" em destaque na garagem Traversi - Louis Vuitton


Comemorando o 10.º aniversário da sua linha Objets Nomades, a Louis Vuitton tomou posse da garagem Traversi, o primeiro edifício com rampas (oito níveis) em Milão. Este edifício esférico com a sua arquitetura racionalista, construído em 1939 por Giuseppe de Min, foi encerrado em 2003. Irá reabrir pela primeira vez durante esta Design Week 2022, com a instalação da etiqueta estrela da LVMH.
 
A Louis Vuitton transformou-a numa sala elegante e quente, envolta em carpete escura para destacar a sua nova coleção colorida. Esta linha de artigos inspirada na "arte de viajar" foi lançada em 2012, em colaboração com os principais designers. No menu deste ano encontra-se uma seleção de Objets Nomades emblemáticos, oferecidos em novos materiais e cores ou, pela primeira vez, numa versão ao ar livre para terraços e jardins, bem como novas criações.

Em 10 anos, a coleção cresceu tanto que agora permite à etiqueta misturar harmoniosamente objetos de todos os designers, criando ilhas diferentes, cada uma com um universo específico. A coleção inclui as Venezia Lamp de Marcel Wanders, as Bell Lamp de Edward Barber e Jay Osgerby, a mesa Talisman de India Madhavi, desta vez reinterpretada numa versão de marchetaria em pele, e novos objetos como as bolsas de pele de borrego coloridas "Merengue" dos irmãos Campana, que também criaram ecrãs modulares de cores vivas.


Nova House apresentada na Piazza San Babila pela etiqueta francesa - Louis Vuitton


Também digno de nota é a primeira criação do estúdio de design interno da Louis Vuitton. A Totem Lumineux, uma luminária composta por esferas de diferentes cores feitas em vidro de Murano empilhadas umas sobre as outras e colocadas sobre uma base de mármore de Carrara. Esta equipa de 10 pessoas tem vindo a trabalhar com os designers estrela dos Objets Nomades nos últimos 10 anos, ajudando-os a criar as suas obras, que são vendidas à comissão, e para certos objetos, diretamente nas maiores boutiques da Louis Vuitton.
 
Como em cada edição do Salone del Mobile, a empresa também instalava uma nova arquitetura nómada em frente da garagem, na Piazza San Babila: a Nova House desenhada em 1972 por Michel Hudrisier e M. Roma para o Studio Rochel, um módulo de 45 metros quadrados em forma de bolha de metal doada de uma janela em vidro. Nos últimos anos, a Louis Vuitton introduziu o público milanês nas microarquitecturas móveis por Shigeru Ban (2019), George Candilis (2018), Matti Suuronen (2017) e Charlotte Perriand (2015).
 
Um pouco mais adiante, no distrito de Brera, a Hermès revela o seu universo numa atmosfera mais subjugada mas igualmente colorida. Como sempre, a cenografia é assinada por Charlotte Macaux Perelman e Alexis Fabry, os diretores artísticos delegados da divisão "Maison". No grande espaço de La Pelota, mergulhada na escuridão, encontram-se quatro tipos de luminárias gigantes, cada uma emitindo uma tonalidade diferente de luz. Estes são quatro volumes de madeira cobertos com papel de cor translúcida inspirados em torres de água, cada um alojando uma série de objetos colocados sobre suportes de pasta de papel branco.


Instalação da Hermès no espaço La Pelota - ©Maxime-Verret


A ideia é realçar a leveza, o tema sob o qual a Hermès escolheu colocar todas as suas criações este ano. Este espírito diáfano e volátil percorre toda a coleção, desde os delicados candeeiros de bambu e papel de parede de Tomas Alonzo até às arejadas placas e ao novo serviço de jantar Soleil d'Hermès com os seus motivos amarelo dourado de folhas de palmeira e flores estilizadas, criado sob a égide da designer Arielle de Brichambaut na fábrica de porcelana Nontron no antigo condado de Périgord, em França. As placas de folhas de couro são pintadas à mão na mesma fábrica.
 
A leveza é também encontrada no banco Karumi pelo arquiteto português Álvaro Siza, feito com estrutura de bambu, reforçado no interior com fibra de carbono, e assento de couro vendido separadamente. Agraciado com o título de Doutor Honoris Causa não só por várias universidades portuguesas, mas também por argentina, brasileira, espanholas, italianas, peruana, romena e suíça, este que é o arquiteto português (natural de Matosinhos) mais premiado e reconhecido mundialmente – mormente com o famoso Pritzker – criou para a Hermès um banco Made in Japan que se distingue pelas linhas simples e depuradas onde a tradição artesanal encontra a alta tecnologia. Não por acaso Karumi em japonês significa "pureza através da simplicidade", em língua portuguesa.

Este ano o foco está nos têxteis, explorando diferentes competências e técnicas de fabrico, tais como colchas, bordados e remaillage, realçados numa série de quadrados, jogando sobre cores e formas geométricas.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.