×
Por
Portugal Textil
Publicado em
1 de jul. de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sanjo com ambição de um mundo melhor

Por
Portugal Textil
Publicado em
1 de jul. de 2021

A icónica marca portuguesa de sapatilhas juntou-se aos CTT numa parceria que alberga um novo projeto piloto de utilização de embalagens reutilizáveis que permite que as compras online sejam embaladas em sacos reutilizáveis em vez de recorrer a embalagens de utilização única.


Sanjo Sk8 TESTE - ©Sanjo


Depois de ter lançado a primeira coleção de vestuário pautada pela intemporalidade e durabilidade, a Sanjo continua a dar provas no que diz respeito a valores como a sustentabilidade e, por isso, aliou-se aos CTT no projeto que tem como objetivo reduzir a pegada carbónica associada à distribuição através de soluções sustentáveis disruptivas em linha com a economia circular.

A Embalagem ECO Reutilizável CTT é a solução encontrada e destina-se aos clientes de comércio eletrónico como uma alternativa às tradicionais caixas de cartão, na medida em que pode ser introduzida várias vezes na rede operacional dos correios com uma vida útil de até 50 ciclos. Na prática, com a utilização desta embalagem eco reutilizável evita-se a emissão de cerca de cinco quilogramas de CO2 para a atmosfera, o que equivale a uma viagem de automóvel de cerca 50 quilómetros.

«Este projeto reposiciona-nos na liderança em matéria de gestão carbónica e de combate às alterações climáticas e reforça o programa de responsabilidade ambiental e social com vista a uma maior proximidade com as partes interessadas. Ao permitir um sistema de reutilização, esta embalagem constitui um passo importante no apoio à transição para uma economia circular, com particular impacto num mercado em expansão como o do e-commerce», afirma Maria José Rebelo, diretora de sustentabilidade dos CTT. «Fazemo-lo porque acreditamos que podemos influenciar positivamente aqueles que colaboram connosco e com quem interagimos na nossa cadeia de valor. Estamos muito orgulhosos com esta iniciativa e com a associação à Sanjo, uma histórica empresa portuguesa com quem partilhamos fortes valores e iniciativas ligadas à sustentabilidade», explica.

Impactar o setor e melhorar o mundo

Ao adotar a subscrição deste serviço, a Sanjo vai ao encontro da ambição da marca de tornar o mundo melhor com acesso às embalagens reutilizáveis, acondicionando, desta forma, os envios online. Já os próprios compradores têm a opção de usar a nova solução de embalagem que terão de devolver em algumas lojas CTT, em pontos selecionados ou diretamente ao distribuidor no ato da entrega da encomenda. Ao fazê-lo, além de estar a contribuir para uma distribuição mais sustentável, o comprador terá ainda a recompensa de um voucher de desconto que poderá utilizar numa futura compra na loja online de origem da respetiva encomenda.

«Esta parceria representa, para a Sanjo, a ambição de um mundo melhor, uma nova sociedade mais consciente, temos otimizado as coleções, embalagens e todo o processo produtivo», revela Vítor Costa, diretor criativo da Sanjo. «A nossa resposta foi positiva, o caminho para a não utilização de novos recursos está mais próxima com as embalagens reutilizáveis. Queremos acelerar a mudança de paradigma, a nossa determinação é impactar todo o setor de moda em Portugal com novos projetos», sublinha.

A parceria entre a Sanjo e os CTT resulta do compromisso de ambas as entidades estarem cada vez mais envolvidas com a sustentabilidade, quer seja através da inovação dos processos, produtos, tecnologias ao serviço da empresa e em diversas iniciativas e apoios que geram valor para a comunidade.

Deste modo, a marca de calçado desportivo tem vindo já a unir esforços para tornar a produção mais amiga do ambiente com coleções que apresentam melhorias ao nível da produção como, por exemplo, o facto da borracha das solas das sapatilhas icónicas da Sanjo já não serem vulcanizadas, mas sim coladas e fabricadas a partir de materiais reciclados. Os produtos químicos, por sua vez, também deixaram de ser aplicados e o processo de fabrico foi otimizado, diminuindo o consumo de água e energia. A marca conta ainda com o certificado para a pegada de carbono e o certificado GOTS.


Retro Runner - ©Sanjo


ADN desportista

Com base na ligação inegável da Sanjo ao desporto, a marca focou-se no skate para criar uma relação «longa e genuína» com esta comunidade, tendo, por isso, desenvolvido a primeira equipa deste desporto composta por sete elementos – Aníbal Martins, Daniel Crespo, Tiago Correio, Tiago Miguel, Alexandra Barros, Adele e Bruno Cruz “Zapa” – para conseguir corresponder às necessidades reais dos praticantes da modalidade.
 

Os modelos clássicos da Sanjo foram reinventados, adquirindo novas características adequadas aos skaters, dando forma às Sanjo Sk8 TESTE, o primeiro modelo de skate já disponível para venda no website oficial da marca.

Para celebrar a performance e o lifestyle, a marca lançou a coleção de ténis “Retro Runner”, inspirada na década de 70 e que viu a corrida ser democratizada, convertendo-se numa atividade inclusiva e atrativa para todos. O novo modelo de sapatilhas é a «sugestão perfeita para os amantes de desporto», com um ar vintage conjugado com uma direção mais urbana.

«Este novo modelo mistura de forma inusitada o vibrante e resistente suede com a respirável mesh em tons pastel, criando uma harmonia de texturas única na parte superior da sapatilha. Já a sola apresenta espigões que proporcionam uma melhor tração, enquanto a densidade das espumas com sobreposição de cravados remetem para as velhas chuteiras e sapatilhas de futebol da marca Sanjoanense», descreve em comunicado.

Copyright © 2021 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.