×

Schiaparelli e Naomi iniciam primeira época de alta costura digital em Paris

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
7 de jul de 2020
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Schiaparelli foi o primeiro a iniciar a temporada de alta costura totalmente digital de Paris, segunda-feira (6 de julho), com um filme comovente que se concentrou na imaginação do seu designer Daniel Roseberry, uma vez que este ficou isolado em Nova Iorque durante todo o encerramento ocasionado pela pandemia de COVID-19.

Normalmente, a semana da alta costura em Paris, vê algumas das mulheres mais ricas do mundo descerem à capital francesa para assistirem aos desfiles e fazerem encomendas nas grandes casas de moda de luxo ou em costureiras independentes. Mas, devido à pandemia, os organizadores franceses iniciaram excepcionalmente uma estação que tem lugar online; desprovidos de quaisquer desfiles ao vivo nas passerelles.


Croqui da coleção de alta costura Schiaparelli, para a estação de outono-inverno2020/2021


Coube a Schiaparelli, inaugurar a temporada de 33 eventos em três dias, que inclui participantes de primeira linha, como Chanel, Christian Dior e Valentino. Toda a temporada está disponível numa nova plataforma de última geração, por cortesia da Fédération de la Haute Couture et de la Mode (FHCM), órgão dirigente da moda francesa, cuja página principal apresenta uma declaração em vídeo de Naomi Campbell.

"Chegou o momento de chamar colectivamente a indústria da moda à tarefa, relativamente à desigualdade nos nossos espaços de trabalho e indústria... Paris é o palco central da moda e o seu líder. Este é um apelo à ação que estamos a fazer", disse Campbell, que usava uma T-shirt onde se lia Fenomenally Black.

O vídeo de 3,30 minutos de Schiaparelli, intitulado Collection Imaginaire, começou com Roseberry a empacotar o seu livro de esboços para caminhar pelo centro de Manhattan, em direção à Washington Square, vestido com um boné de basebol, camisola branca e calça chino. Depois de encontrar um banco de jardim, começa a esboçar a coleção, com a câmara a captar as estátuas de Washington pintadas de vermelho pelo movimento Black Lives Matter.

"Tenho vivido em isolamento, enquanto a maison Schiaparelli se retirava. Cada um tem a sua própria história de bloqueio, ora pungente, ora trágica, ou absolutamente solitária.  Os mais afortunados de nós têm sido capazes de passar este tempo em plena natureza, longe da vida da cidade. A minha própria experiência foi partilhada com milhões de outros Manhattanitas: Foi privilegiada, mas nada de extraordinário. O que foi extraordinário, contudo, foi a capacidade de entrar no Washington Square Park, numa segunda-feira de manhã, e esboçar uma coleção da Haute Couture", explicou Roseberry.


Look da coleção de alta costura de Ralph & Russo, para a estação de outono-inverno 2021 - Ralph & Russo


Elementos da vasta produção de Elsa Schiaparelli entram e saem do vídeo (borboletas, olhos surreais e festas de mascarados), enquanto os esquilos correm pelo parque da cidade de Nova Iorque. Depois, a caneta de Daniel leva-o a Paris, onde esboça na sede da Schiaparelli na Place Vendôme. Marca instruções exactas em cada esboço: Mangas de grande volume, calotas metálicas em forma de S ou flanges de fita métrica.

É uma grande ajuda Roseberry ser um excelente ilustrador, que usa entusiasticamente uma caneta de feltro para colorir a assinatura rosa chocante da casa num vestido de noite.

A manhã continuou com Ulyana Sergenko, cujo vídeo foi uma homenagem ao antigo conhecimento da sua pátria, o ADN da moda russa, com as delicadas rendas e os ricos bordados. A segunda sessão apresentava ilustradores a prepararem esboços de cada desenho, antes de o costureiro participar num verdadeiro teste, contra um fundo de um intenso solo de bateria de jazz.

Na terceira sessão, o elenco de Ulyana desfilou sobre falanges a uma batida de tambor militar, seguido de um tiro do desenhador das estepes russas num pôr-de-sol sombrio. Tudo com a "grande soirée" de Sergenko, em efeito considerável.


Vestido Transmotion, com floração diáfana de organza de seda branca emsobreposições translúcidas, integrado na coleção de alta costura de Iris van Herpen, para a estação de outono-inverno 2020/2021 - Instagram


A manhã terminou com Iris van Herpen, que exibiu um filme de três minutos intitulado Transmotion. Com apenas um dos notáveis vestidos de alta tecnologia do costureiro holandês, tule, em forma de concha, bordados em missangas jet bugle usadas pelo modelo etéreo Carice van Houten. Um vídeo dirigido por Ryan McDaniels, com a banda sonora espacial Hania Rani - F Major. Pelos característicos padrões inovadores de Iris van Herpen, a apresentação pareceu um eco fraco.

Num dia de abertura, com 12 casas listadas no calendário, a londrina Ralph & Russo também apresentou um vídeo de seis minutos, onde Tamara Ralph explicou que tinha feito referência às Sete Maravilhas do Mundo. E até sobrepôs muitas roupas em locais como a Grande Muralha da China e o Taj Mahal.

A australiana Ralph, radicada em Londres, passou o confinamento fechada na sua villa em Cannes, sublinhando: "Todos os criativos têm estado a trabalhar remotamente, mas a trocarem ideias todos os dias".

Ralph também digitalizou elementos florais e de fauna com acabamentos técnicos desfocados em algumas impressões de vida selvagem. Além disso, apresentou modelos reais de tons pastel a dançarem com froufrou, vestidos rodados de tule, acabados com eyeliner de platina.

A casa introduziu um novo avatar chamado Hauli, a mais bela inovação técnica até agora na primeira estação de alta costura digital do mundo.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.