×
370
Fashion Jobs
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m) 1
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Vila do Conde (f/m)
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Hugo Boss Factory Outlet Vila do Conte (f/m)
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Hugo Boss Factory Outlet Vila do Conte (f/m)
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Ales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Sales Associate Boss Store Quinta do Lango (f/m)
Efetivo - CLT · Almancil
HUGO BOSS
Sales Associate Boss Store Quinta do Lago (f/m)
Efetivo - CLT · Almancil
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Mar Shopping Matosinhos - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Matosinhos
SALSA
Vendeur(se) Carre Senart 30h
Efetivo - CLT · Paris
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de abr de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Seda Domaniç e a revitalização da Istanbul Fashion Week que começou terça

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de abr de 2021

Poucos países produzem tanta moda como a Turquia, embora raros dos seus estilistas sejam conhecidos internacionalmente. Isso está prestes a mudar, uma vez que os líderes da moda local estão a criar um Turkish Fashion Council para fomentar o talento turco e acelerar o crescimento de marcas transcontinentais. 


Seda Domaniç, aeditora-chefe da Vogue Turquia há mais de uma década - DR


Como qualquer nação, a Turquia está a lutar com o COVID-19; o país ocupa o sétimo lugar no mundo em casos de coronavírus, com 3,7 milhões de casos. Contudo, esta semana, a Istanbul Fashion Week ainda terá lugar, com um calendário de cerca de 30 desfiles, embora todos online, e embora a nação eurasiática regresse a um novo e rigoroso encerramento a partir de terça-feira (13 de abril), o próprio dia de abertura desta sessão de quatro dias.
 
Para ter uma noção do estado de espírito na cena da moda turca, entrevistámos Seda Domaniç, editora-chefe da Vogue Turquia há mais de uma década e agora proprietária de uma empresa de consultoria em Istambul, através de uma chamada Zoom. Domaniç deu-nos dicas e truques para a época, revelando objetivos chave, tais como a estratégia de marca global e digitalização.

A estação em si é organizada pela Associação de Exportadores de Vestuário e Pronto a Vestir de Istambul (IHKIB), sob a orientação do Ministério do Comércio da República da Turquia, e é apoiada pelo Grupo de Promoção da Turquia (TTG), a Associação de Designers de Moda da Turquia (MTD) e a Academia de Moda de Istambul (IMA).


Look da estilista Ceren Ocak apresentado naIstanbul Fashion Week - Foto: Ceren Ocak


FashionNetwork.com: O que distingue a Istanbul Fashion Week de outras semanas da moda na Europa ou noutros locais?
Seda Domaniç:
 A Turquia é o sexto maior fornecedor de vestuário do mundo. É um centro de produção realmente enorme e há aqui muito artesanato tradicional; juntamente com camadas ricas da nossa cultura histórica. Assim, o nosso objetivo é reunir todos estes três elementos. Temos também uma indústria têxtil gigantesca, mas os nossos designers são relativamente pequenos. Queremos mudar isso.
 
Esta é a nossa segunda época em que tudo será digital. Além disso, esta época não tem estação do ano. Na nossa opinião, as estações perderam o seu significado porque os designers têm a flexibilidade de produzir o que querem em qualquer altura. E este é também um evento neutro do ponto de vista do género, para homens e mulheres. Encenámo-lo duas vezes por ano nos últimos 12 anos; e esperemos que em outubro próximo haja novamente espectáculos ao vivo, embora, claro, com uma mistura digital. Tradicionalmente, encenamos a temporada em centros estratégicos, ou locais históricos, como o Zorlu Performing Arts Center (atualmente o maior teatro dedicado de artes cénicas e sala de concertos em Istambul), embora os designers realizem espectáculos em muitos bairros.
 
FNW: Quantos espectáculos ou eventos estão previstos?
SD:
Temos 30 designers, incluindo alguns grandes nomes como Dice Kayek, ou Hakaan Yildirim, que venceram o concurso Andam em 2010, e alguns grandes designers emergentes. Além disso, abrimos a temporada com seis licenciados em Moda da nova geração; e temos também o Karma, um desfile conjunto para três estilistas emergentes sob um só teto. Existe uma parte filantrópica, uma vez que cada designer recebe apoio financeiro para fazer vídeos.


Look de Dice Kayek para a primavera-verão 2021/2022 - Foto: Dice Kayek


FNW: Com que inovações nesta estação estão mais entusiasmados?
SD:
Somos responsáveis pela produção da estação, mas deixamos os designers escolherem e criarem os seus próprios formatos. É uma época muito independente. Também desenvolvemos um showroom digital, tendo Joor como nosso parceiro. Isto permite que os nossos designers tenham acesso a novos mercados. Chegar a compradores que nunca poderiam viajar para Istambul, como conseguir um comprador coreano para um designer turco. A nossa está sempre a competir com outras semanas de moda para atrair compradores e jornalistas, por isso, ao fazer mais parcerias digitais, ajudamos a ultrapassar esta pressão.
 
FNW: Quem são os seus designers locais favoritos?
SD:
Prefiro não escolher apenas alguns, há tantos que eu admiro. 
 
FNW: Será que a designer Zeynep Erdogan tem alguma relação com Mehmet Erdogan, o presidente da Turquia?
SD:
É apenas uma coincidência. Erdogan é um apelido muito comum na Turquia, como diz Smith do próprio apelido.
 
FNW: Qual é o próximo passo para a moda em Istambul?
SD:
A criação do nosso próprio conselho de moda turco, um Turkish Fashion Council. Tivemos a nossa primeira reunião e esperamos montá-la até ao final do ano. Irá orientar e ajudar a desenvolver a indústria e os nossos designers. E para alterar a composição e mistura, para incluir marcas que tenham alcançado reconhecimento global nos últimos anos. Em acessórios: Misela, Manu Atelier, Begum Khan e Mehry Mu. Ou, em pronto-a-vestir: Les Benjamins, In the Mood for Love, Gül Hürgel, Nackiye e Siedres.
 
E, na próxima estação, para além de acrescentar novas marcas, estamos também a planear organizar uma exposição de design turco em França, durante a Paris Fashion Week.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.