×
305
Fashion Jobs
ADIDAS
Buyer (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
o2c Credit And Collections Manager (m /f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
ADIDAS
Junior o2c Cash Application Specialist (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Floor Manager Multibrand Factory Outlet Modivas - Vila do Conde
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Gbs Accounts Payable Manager (m/f) - Temporary
Trainee · Porto
ADIDAS
Senior o2c Cash Application Specialist (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Famalicão - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
FANNIE SCHIAVONI
Handcraft Internship
Estágio · BARCELONA
ANDRÉ COSTA S.A.
Estamos a Recrutar um Digital Marketeer m/f (Porto)
Efetivo - CLT · PORTO
ADIDAS
Sales Associate Arrábida Shopping - Vila Nova de Gaia - Part-Time
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Técnico de Manutenção e Robótica
Efetivo - CLT · Porto
CRISTÊXTIL
Modelista
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Viseu - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viseu
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Coimbra - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Coimbra
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Cascais Shopping- a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Cascais
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Sintra - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Rio de Mouro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - el Corte Inglês Lisboa - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
13 de fev de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Semana da Moda de Nova Iorque mantém-se fiel a si própria

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
13 de fev de 2020

Já se sabe que todos se queixaram de uma temporada de Nova Iorque considerada pouco imponente e privada de muitos criadores de renome. Mas, quando se perde algum tempo a realmente examinar o que se viu nas passarelas, acontece que foram apresentadas muitas peças magníficas em Manhattan.
 

Proenza Schouler - outono-inverno 2020 - Moda Feminina - Nova Iorque - © PixelFormula


Além disso, se a moda de Nova Iorque tem uma mensagem para transmitir este ano, é de esperar uma atmosfera sombria e séria no próximo inverno. Uma atmosfera de gravidade reforçada pela quase total ausência de chineses em todos os eventos nova-iorquinos. Só em termos de número de espetadores, parecia que tínhamos regredido cinco anos.
 
Dito isto, podemos contar com um outono iluminado por toda uma gama de roupas macias e sensuais, imaginadas com uma preocupação com o desenvolvimento sustentável. Nestes tempos de incerteza, desde o Coronavírus até à crise em Washington, os criadores concentraram-se no que sabem fazer de melhor, respeitando o seu ADN.

Na cidade, Proenza Schouler optou por uma silhueta bastante rígida misturada com drapeados cheios de indiferença - metade dos casacos e vestidos revelavam um ombro - resultando no desfile mais importante dos Estados Unidos.

Entre as outras marcas leais ao seu território figuraram os dois fornecedores de refinamento aristocrático: Oscar de la Renta e Carolina Herrera, duas casas que tiveram um desfile de grande classe orquestrado por aqueles que sucederam aos seus fundadores, respetivamente a dupla Fernando Garcia e Laura Kim, da Monse, e Wes Gordon.

Na Monse, pudemos também admirar o renascimento de Vivienne Westwood, mas com uma enorme reviravolta não estruturada. Uma fotografia da designer britânica chegou a aparecer nos backstage, no moodboard. Enquanto isso, a própria Vivienne estava perto das estrelas na passadeira vermelha dos Óscares, onde vestiu Kate Hudson, Natalie Dormer e Winnie Harlow.


Monse - outono-inverno 2020 - Moda Feminina - Nova Iorque - © PixelFormula


O fim de semana de abertura foi dominado por notícias de outras regiões, especialmente de Los Angeles. Os Óscares aconteceram na mesma semana que a temporada de desfiles de Nova Iorque, como acontece a cada dois anos em sete, e como resultado Manhattan esteve bastante despovoada em termos de estrelas de cinema de classe mundial. E Tom Ford, presidente do CFDA, que organiza a temporada de Nova Iorque, saiu de Manhattan para desfilar em Los Angeles. Assim como Julie de Libran, a ex-criadora de Sonia Rykiel, que agora tem a sua própria marca independente. A sua colaboração com a Matchesfashion em Hancock Park parece ter-lhe rendido muito mais espaço nas crónicas e atenção nas redes sociais do que muitos desfiles na costa leste.

A temporada nova-iorquina trouxe, no entanto, alguns novos e ousados talentos. Especialmente LaQuan Smith, cuja extravagância híbrida de rock e hip hop deu origem a um super desfile no Spring Studios. Com blusões antracite cortados como armaduras de super heroínas, ou até casacos acolchoados pretos brilhantes de princesa, dignos de uma guerreira intergalática.
 
Poucas marcas são mais fieis a si mesmas do que a Zimmerman, que optou por uma moda otimista, sobrepondo as cores vivas e letras e estampados lúdicos que são a sua marca registada. A sua mistura de detalhes em veludo, organza bordada à mão com lantejoulas, botões em cristal e armações de óculos e pulseiras com berloques em resina pastel fizeram deste desfile um dos mais alegres da semana.


Zimmerman - outono-inverno 2020 - Moda Feminina - Nova Iorque - Zimmermann


Atualmente, a Zimmerman é a marca estrangeira mais popular nos Estados Unidos, com uma boutique próspera na Madison Avenue, praticamente em frente ao mais ilustre destino de compras dessa artéria, a mansão Rhinelander da Ralph Lauren. Este último nem sequer fez uma apresentação, muito menos um desfile.
 
A esquina seguinte da Madison Avenue parecia emblemática do momento. O distribuidor de jornais vendia não o New York Times, mas o China Daily. A sua última edição exibia a mais improvável das manchetes: “Menos novos casos de contaminação; mais curas."

O que certamente nos lembra o risco de não dizer a verdade aos cidadãos ou à sociedade, de não jogar limpo com as pessoas. Ao contrário da temporada nova-iorquina, na qual os criadores fizeram um depoimento honesto, revelando exatamente o que são.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.